Depois de se ter estreado na modalidade no primeiro Duatlo de Mafra, ainda nos anos 90, o triatleta José Estrangeiro prepara-se agora para, mais uma vez, competir na cidade onde treina, disputando a primeira edição do Powerman Portugal 2020. Evento do qual é, de resto, também embaixador!

A viver na Ericeira, José Estrangeiro tem por hábito treinar na zona de Mafra, cidade cuja zona envolvente conhece, por isso, muito bem, não deixando de, em declarações à Federação de Triatlo de Portugal, manifestar a sua alegria por poder voltar a competir na cidade onde descobriu o Duatlo.

«Foi com muito agrado que recebi a notícia da vinda desta prova porque, para mim, significava um pouco o regresso às origens. Já há muitos anos que estava na expetativa que se realizasse um triatlo ou duatlo no meu concelho, perto de minha casa e no local onde habitualmente treino.»

Um percurso que não será fácil

Já sobre o percurso delineado para esta primeira edição do Powerman Portugal 2020, da qual é, aliás, embaixador, o triatleta assume ser do seu agrado, ainda que, assegura, «não é um percurso fácil, inclui muito sobe e desce». Contudo, «eu aprecio este tipo de trajeto, para além de ser onde estou habituado a treinar».”

Depois de se ter estreado no Duatlo, precisamente, em Mafra, o triatleta José Estrangeiro regressa agora à cidade onde treina para o primeiro Powerman Portugal
Depois de se ter estreado no Duatlo, precisamente, em Mafra, o triatleta José Estrangeiro regressa agora à cidade onde treina para o primeiro Powerman Portugal

Com 30 km de distância, no caso dos atletas fazerem apenas uma volta, ou 60 km, se cumpridas duas, José Estrangeiro recorda que «trata-se de um percurso de corrida praticamente sem zonas planas, e, sendo os três segmentos bastante duros, é necessária uma gestão do esforço equilibrada, deixando energia para a última corrida».

LEIA TAMBÉM
As 10 dicas de Beatriz Ferreira para praticarmos do melhor modo o Triatlo Xterra

No entanto,e até porque a transição desta prova realiza-se no mesmo local do primeiro Duatlo de Mafra, «para mim é fantástico reviver a prova naquela zona».

Conheçam antecipadamente o percurso

Ainda sobre o Powerman Portugal 2020 e a realização em Mafra, o embaixador da prova deixa um conselho aos participantes: não deixem de fazer o percurso antes da prova, nem que seja de carro!

«Embora estejam assinalados os principais pontos críticos, existem umas curvas mais técnicas onde convém perceber no terreno exatamente onde se encontram, nomeadamente, uma curva em cotovelo a meio de uma descida, onde é possível alcançar uma velocidade grande e, ainda, outra curva que surge depois de uma inclinação de 15% a 20%, onde devemos estar preparados para uma abordagem mais cautelosa”

Objectivo é conseguir bom resultado

Quanto aos objectivos pessoais para a prova, José Estrangeiro assume que nunca foi bom nas primeiras provas da temporada, até porque impor ritmo de competição requer algum tempo.

LEIA TAMBÉM
Resultados não surgem com objetivos irrealistas e inatingíveis

Ainda assim, e «sendo a prova no meu local de treino, obviamente que vou participar com a expetativa de conseguir uma boa competição e com o objetivo de alcançar um bom resultado».

Extra-prova, Estrangeiro recomenda uma visita ao «Palácio de Mafra e as praias da Ericeira», «os principais locais turísticos», sendo estes também os locais ideais, a par do Parque Desportivo em Mafra, para treinar.

«Reúnem-se condições de excelência para que os atletas possam fazer treino físico e técnico. E se vierem com algum tempo de antecedência, ficam bem entregues com as estradas, com boas condições e pouco trânsito!»

LEIA TAMBÉM