Embora as normas que regulamentam o Estado de Emergência atualmente em vigor em Portugal permitam a corrida, existem alguns princípios basilares que não são demais lembrar. Nomeadamente, a distância que deve ser mantida dos outros corredores ou simples transeuntes. Mas, e o leitor, sabe como manter o distanciamento social na corrida?

Especialmente à medida que o Estado de Emergência e as recomendações para nos mantermos em casa avançam, maior começa a ser o nível de saturação nalguns portugueses.

Facilmente aceitável ao início, a permanência, dia sobre dia, em casa, começa agora a cobrar a sua fatura, com a saturação e o cansaço a convidarem mais pessoas para o chamado passeio higiénico. Ou até mesmo para o regresso à corrida, que muitos já faziam antes da chegada da pandemia do coronavírus.

LEIA TAMBÉM
Como viver com o mínimo de tranquilidade com o coronavírus

Com o aumento do número pessoas a fazerem a sua corrida na rua, mais preciso se torna que todos nós cumpramos, de forma mais determinada, as práticas que nos protegem e salvaguardam, beneficiando das alegrias que a corrida nos proporciona, mas com todos os cuidados inerentes à situação de exceção em que vivemos, cumprindo todas as indicações das autoridades sanitárias, o chamado distanciamento social, de forma a que, depois e mais tarde, não tenhamos nada que lamentar.

Assim, verdadeiramente importante é que todos conheçamos as respostas a algumas perguntas: qual a melhor forma de manter o distanciamento social durante a corrida? Como correr sem colocar-me, a mim e aos outros, numa situação de perigo de contágio? Como contribuir para impedir a disseminação do vírus, quando numa zona ou caminho mais movimento?

  • Se se sentir, de alguma forma, doente, por favor, não vá correr
    Fique em casa – pela sua saúde, mas também pela dos outros!
  • Se for correr, não o faça em grupos
    É proibido, é perigoso, é desnecessário.
  • Se, por um qualquer imponderável, não puder mesmo correr sozinho, faça-o apenas com alguém da sua família próxima
    Mais concretamente, alguém com quem reside. Por razões óbvias…
Excelente na preservação da condição física e mental, a corrida deve ser feita, nos dias de hoje, a solo e sem grandes grupos
Excelente na preservação da condição física e mental, a corrida deve ser feita, nos dias de hoje e idealmente, a solo
  • Durante a corrida, sempre que for ultrapassar um outro corredor ou transeunte, faça-o mantendo sempre uma distância de cerca de dois metros
    Impossível? Espere para até que seja… ou então, siga por outro caminho.
  • Escolha um horário para correr em que verifique que existem menos pessoas no trajeto por onde passa
    Diga o que disser a si mesmo, há sempre uma alternativa.
  • Não tussa, cuspa ou assoe quando tiver outras pessoas por perto
    Se tiver de o fazer, escolha uma altura em que não existe ninguém à volta (e com cuidado).
  • Sempre que for correr, leve de casa a sua própria água e, já agora, um gel desinfetante para as mãos
    Não beba em bebedouros públicos ou casas de banho públicas. E, assim que chegar a casa, a primeira coisa que deve fazer é lavar as mãos durante, pelo menos, 20 segundos (e tire os ténis antes de entrar em casa e ponha-ao isolado na varanda, de preferência a apanhar Sol).
  • Se, por um qualquer motivo, alguém se mantiver a correr muito próximo de si, sem sequer tentar ultrapassar, não deixe de, educadamente, pedir-lhe para que se mantenha mais afastado
    Caso prefira não dizer nada, reduza apenas a velocidade e deixe-o passar.

LEIA TAMBÉM
Hugo Barreto: «Quem quiser correr em casa recomendo encontrar uma forma de não parar»

  • Durante a corrida, mentalize-se e tenha sempre presente que não deve tocar no rosto com as mãos
    Tal como não deve tocar com as mãos em objetos em redor, como muros, paredes, pinos ou sinais de trânsito…
  • Se é daquelas pessoas que, fruto também de todas as notícias com que somos repetidamente bombardeados hoje em dia não se sente bem em locais com mais pessoas, então… fique em casa
    Já existem bons e divertidos programas de treino indoor na Internet, grátis, pelo que não precisa sair à rua para manter-se física e mentalmente saudável.

A terminar, apenas um pedido: se for correr na rua, não se esqueça de cumprir estas regras. E, já agora, não as deixe de transmitir a outros corredores

LEIA TAMBÉM