Recentemente, o Benfica, em Alhandra e constituído por Melanie Santos, João Silva, Katie Zaferes e João Pereira, alcançou o segundo lugar na Taça dos Clubes Campeões Europeus nas estafetas mistas de Triatlo. Um resultado que agradou Melanie Santos, que já pensa nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no próximo ano.

Desiludida com o resultado em Alhandra?
Não estamos desiludidos. Foi uma prova bastante renhida e emocionante. Claro que foi pena termos os 10 segundos de penalização na prova, mas isso faz parte do jogo.

Na conferência de imprensa que antecedeu a Taça dos Clubes Campeões Europeus, foi notória a vossa confiança. Concretamente, o que falhou?
Acho que não falhou nada. Os adversários eram muito fortes, lutámos e estivemos à altura dos nossos adversários. Se não tivéssemos tido a penalização… Mas a verdade é que também não podemos garantir a 100% que ganharíamos a prova. Fomos segundos e também é um lugar honroso.

A penalização ao João Pereira foi mesmo decisiva para o desfecho da prova? E, concretamente, o que aconteceu?
Uma penalização influencia sempre o resultado. Temos regras nas transições e só podemos montar na bicicleta após ultrapassarmos uma linha que existe a seguir ao parque de transição. Acabámos por ter a penalização de “mount line”.

E gosta deste tipo de provas? O que ela traz de diferente para a modalidade em geral?
Gosto bastante. É uma prova em que tudo pode acontecer e é desafiante para os atletas. Acho que é uma distância que cativa o público. Por isso estar no programa olímpico, por exemplo.

Melanie Santos acredita que Portugal pode brilhar nos Jogos Olímpicos de Tóquio

O que este resultado tem de positivo e negativo na sua preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, no próximo ano?
Uma medalha é sempre um resultado positivo para a carreira.

Agora, mais do que nunca, o ciclo olímpico vai “apertar”. Como analisa o que aí vem pela frente?
Vai ser um ano de preparação para “O” dia. As provas que acontecerão até aos Jogos servirão de testes e experiências, precisamente para estar bem naquele preciso dia. Agora é só continuar o trabalho que tenho feito até aqui.

LEIA TAMBÉM
Triatlo: português Sérgio Marques alcança título mundial no escalão 35-39

E Portugal tem condições de ambicionar alguma medalha nos Jogos Olímpicos?
Portugal tem grandes atletas. Mas, no dia da prova, alinham os melhores atletas do mundo nas melhores condições físicas e mentais. Tudo pode acontecer, mas acredito que temos atletas nacionais com grandes capacidades de lutar pelo pódio.

Se pudesse escolher, preferia uma medalha olímpica ou mundial? Porquê?
Uma medalha olímpica. É o maior palco que um atleta pode sonhar alcançar. Só três atletas é que ganham a medalha de 4 em 4 anos.

LEIA TAMBÉM
Aos 80 anos terminou o Mundial de Triatlo após 17h17

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.