Foi a história da semana passada no desporto mundial, quando Rigoberto Urán (Rigo), ciclista da profissional e vencedor da medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, além de ter alcançado os segundos lugares no Giro 2013 e 2014 e no Tour 2017, foi apanhado nos treinos na sua roda traseira por um aldeão, que ganhou uma bicicleta e equipamento profissional do colombiano.

Rigoberto Urán, conhecido como Rigo, tem uma loja de material desportivo no seu país e resolveu presentear Iván, o até então floricultor desconhecido de La Ceja, um aldeão que tornou-se conhecido mundialmente após acompanhar sem problemas o ritmo do ciclista profissional, que pedalava a 45 km/h (leia aqui).

Rigo realizou estes dias uma prova virtual e fez questão de convidar Iván para o desafio. Para isso, ofereceu ao ciclista amador um equipamento profissional da sua marca GO RIGO GO, mas também uma Cannondale, objeto de desejo de muitos atletas e amadores do triatlo e da corrida (e não só).

LEIA TAMBÉM
Papa Francisco leiloa bicicleta oferecida por Peter Sagan para ajudar na luta contra o coronavírus

«O problema é que agora todos vão querer apanhar a minha roda traseira para ganharem uma bicicleta», brincou Rigo quando entregou os presentes ao floricultor, que, nitidamente, ficou surpreso com todos os regalos que estava a receber de um dos ídolos da Colômbia.