Na primeira etapa do ano da Serie Mundial de Triatlo, em Abu Dhabi, a prova ficou marcada pelo duelo entre o jovem britânico Alex Yee, de 21 anos e atual campeão britânico dos 10 mil metros, e a lenda da modalidade, o espanhol Mario Mola, de 29 anos.

 

Alex Yee é hoje considerado uma das principais esperanças do triatlo mundial, atraindo o foco dos amantes da modalidade (e não só). Atual campeão britânico nos 10000 metros, com 27m51s94 como melhor tempo (alcançado em maio do ano passado), o jovem apresenta ainda significativos tempos nos 500, 3000 e 5000 metros, como podemos ver abaixo:

1500 metros: 3m51s66 (agosto 2015)

3000 metros: 8m01s63 (maio 2016)

5000 metros: 13m34s12 (julho 2018)

Por isso, o duelo com a lenda Mario Mola, atual campeão da Serie Mundial, era aguardado por todos. E a expectativa não decepcionou ninguém, com a prova a ser decidida nos últimos 600 metros, com o espanhol a não se intimidar com a corrida de Yee e a demonstrar mais uma vez os motivos que o fizeram ser uma das lendas da modalidade, mas também no Desporto em geral.

LEIA TAMBÉM
Os 10 conselhos do IronFarmer para o Triatlo

Bicampeã mundial e campeã olímpica de triatlo Gwen Jorgensen vai virar maratonista

Mola destaca a chegada da nova geração no triatlo

«Foi ótimo ter esta primeira batalha com Yee e também presenciar a chegada da nova geração ao triatlo. E sei o quão bom Yee é. O percurso apresentou algumas mudanças complicadas e vi alguns acidentes mesmo à minha frente. Definitivamente não foi fácil vencer, mas estou muito feliz com esta vitória», referiu Mola ao site da entidade que organiza a Serie Mundial, a ITU World Triathlon Series.

No segmento da corrida, Mola percorreu o trajeto em 14 minutos, menos 7 segundos do que Yee, que fez a sua estreia na Serie Mundial, ou seja, o jovem britânico ainda tem muito por aprender junto com a elite do triatlo mundial (o Top 10 do ano passado esteve em peso na linha de partida em Abu Dhabi). Portanto, certamente que este particular duelo com Mola servirá de experiência para as suas futuras provas, um duelo que, certamente, iremos novamente rever nas próximas provas.

Refira-se que os portugueses João Pereira e João Silva alcançaram os 12.º e 16.º lugares com os tempos de 52m27 (14m35 na corrida) e 52m35 (14m33), respetivamente. Já Mola e Yee terminaram a prova com os registos de 52m00 e 52m03.

A segunda etapa da Serie Mundial de Triatlo decorrerá nas Bermudas, a 27 e 28 de abril.