O treinador da lenda espanhola do triatlo Javier Gómez Noya, Carlos Prieto, revelou que o seu pupilo, em algumas semanas de treino, corre cerca de 100 km por semana. Fora a natação e o ciclismo…

Em declarações ao podcast da revista Sport Life, Carlos Prieto, treinador de Javier Gómez Noya, cinco vezes campeão do mundo de triatlo e medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, revelou alguns dos segredos da impressionante forma do espanhol, um dos grandes nomes da história da modalidade.

«Numa semana de Inverno, já com algum treino, Javier Gómez Noya pode acumular 30-33000 metros de natação, 400 km de bicicleta e entre 85 e 100 km de corrida

No podcast, Carlos Prieto revela também como foram os treinos de Javier Gómez Noya no confinamento e de como está a reprogramar os treinos tendo em vista o regresso às competições.

O treinador dá inclusive dicas de como podemos melhorar na natação, mas também como correr com fluidez após o desgastante segmento da bicicleta.

LEIA TAMBÉM
Final do Mundial de IRONMAN de 2020 adiada para fevereiro de 2021

Nota também para um comentário, quando Carlos Prieto confessou que também ele fica impressionado com a performance do seu atleta, não só nas provas, mas principalmente nos treinos.

«Javi surpreende-me quase todos os dias. Mas há alguns treinos incríveis. Recordo fazer fartlek de 10-11-12 km con trabalhos de 2 km a um ritmo de 3m00/km e recuperação a 3m30/km. Recuperar a 3m30 é o incrível. Quem consegue recuperar a 3m30 tem uma qualidade incrível, metade dos humanos não é capaz de correr a essas velocidades. Em bicicleta, também já vi grandes treinos. Quando estava a preparar o IRONMAN, melhorou também ao nível da carga que era capaz de pedalar. É incrível vê-lo todos os dias. Digo isso a todos: o que ele faz em competição é impressionante, mas fico muito mais impressionado com o seu dia a dia.»

Fotos: Javier Gómez Noya