Uma das provas mais emblemáticas do calendário mundial, Zegama-Aizkorri foi cancelada em 2021 devido à pandemia que o mundo atravessa.

«Procurando preencher o vazio do ano anterior, trabalhámos com mais vontade mas também com mais incerteza do que nunca. No entanto, este ano, não podemos garantir a segurança de todos», podemos ler no comunicado da organização da Zegama-Aizkorri 2021.

A mesma revela ainda que, no próximo ano, não haverá um período de pré-inscrição nem de sorteio de dorsais, já que os corredores deste ano têm a presença garantida na prova em 2022.

LEIA TAMBÉM
Barkley Marathons continua a ter apenas 15 corredores finalistas desde 1986

«Zegama-Aizkorri tem 4 pilares fundamentais: os corredores, a elite, o público e os voluntários. Uma corrida apenas com a elite não está nos nossos valores, Zegama sem público não teria nenhum encanto, seria uma falta de respeito enorme com o corredor proveniente do sorteio, que tanto custou para conseguir o dorsal, se não mantivéssemos os quatro pilares», podemos ler no comunicado, que revela que a decisão de cancelar mais uma vez a prova não foi complicada de tomar, já que o importante é «garantir a segurança».

«Organizamos esta grande festa desportiva sem nenhum ânimo de lucro e o mínimo que merece o nosso povo, voluntários e corredores é respeito», refere o comunicado de Zegama-Aizkorri 2021.