Voltas do Impossível 2020

Chama-se Voltas do Impossível e anuncia-se como a primeira prova de Trail Aventura que se realizará em Portugal. Concebida por José Moutinho, também conhecido como o Pai do Trail Nacional, o Trail Impossível tem lugar já no próximo dia 23 de maio. Seja pela novidade, seja pelas surpresas, vale bem a pena participar!

Tendo como palco a Serra da Freita, nas imediações da povoação de Rio de Frades, Arouca, este Ultra trail a que foi dado o nome de Voltas do Impossível e que tem este ano a sua primeira edição, é inspirada na corrida ao Volfrâmio e aos mineiros que exploravam este minério, durante a II Grande Guerra, com os participantes a serem, tal como estes, colocados à prova, embora, agora, num percurso com mais de 100 km.

Segundo avança a organização, o desafio Voltas do Impossível contempla cinco voltas a um traçado previamente definido. Cada volta com uma extensão de cerca de 21 quilómetros e 1.500 metros de desnível, sendo que, tanto a partida, como a chegada, ficará localizada na aldeia de Rio de Frades, sobre a ponte.

LEIA TAMBÉM
Mulheres mais rápidas do que homens em distâncias superiores a 313 km

No entanto, e se está a pensar que, a partir daí, vai ser só correr… desengane-se!

Apenas para 50 inscritos

A organização do Voltas do Impossível revelou que não aceitará mais do que 50 inscrições.

Para poder candidatar-se, o corredor terá de começar por enviar um email a expor as razões pelas quais pretende participar, ao qual deverá anexar um breve currículo, do qual deverá constar, pelo menos, a participação numa prova de 100 ou mais quilómetros.

Conseguiu inscrever-se? Aqui tem a sua «Carta de Condolências»!

Confirmada a inscrição, então já pode contar com a sua «Carta de Condolências» e, já agora, pagar os 19,58, valor que representa não apenas a taxa de inscrição, mas também o ano de nascimento do criador da prova.

Mas atenção: das obrigações fazem ainda parte a oferta de uma cerveja artesanal, além de uma… matrícula automóvel. Isso mesmo, matrícula automóvel!

Prova que procura homenagear os mineiros que participaram na corrida do Volfrâmio, as "Voltas do Impossível" promete um grau de dificuldade à altura daquilo que eram os desafios desses homens
Prova que procura homenagear os mineiros que participaram na corrida do Volfrâmio, as Voltas do Impossível promete um grau de dificuldade à altura daquilo que eram os desafios desses homens

Horário da prova? A partir das 24h00 em diante!…

Quanto à partida da prova, a organização avisa que pode ser a qualquer hora, a partir das 24h e até às 12h do dia da prova. Sendo que os atletas vão ter de, durante esse período, estar de sobreaviso, pois o anúncio da partida será feito apenas uma hora antes do seu arranque efetivo, com um toque de corneta.

 Já a partida propriamente dita será assinalada com o acender de uma lanterna de petróleo – mais um elemento importado do cenário mineiro.

Uma prova cheia de simbologia

Contudo, a simbologia não termina aqui, já que, durante o percurso, os corredores vão ter de recolher 13 caixas com livros de Guias de Transporte, utilizadas na altura da Corrida ao Volfrâmio para transportar o minério e que, na corrida, serão comprovativo de passagem nos vários locais onde os aventureiros terão de passar obrigatoriamente.

LEIA TAMBÉM
Ex-maratonista olímpica Manuela Soccol vence Tarawera Ultramarathon

Quanto aos desqualificados ou desistentes, têm garantida a célebre melodia Taps, tocada por um corneteiro, e que é vulgarmente associada aos funerais militares nos EUA.

Por outro lado, e também como forma de agravar o nível de exigência, não existirão quaisquer pontos de abastecimento ao longo do percurso. Ou seja, os atletas só poderão receber apoio alimentar ou material na base inicial – mais um exemplo daquilo que acontecia com os mineiros, os quais não tinham direito a mais nada do que aquilo que as respetivas mulheres lhes davam, à saída de casa.

Dispondo apenas do material indispensável e obrigatório, mais precisamente um apito, uma manta térmica, um telemóvel e um relógio com GPS, os participantes terão não mais que 15 horas para terminar o desafio. Embora, para poderem concluir esta primeira edição do Voltas do Impossível, estejam obrigados a concluir as primeiras três voltas, a que foi dado o nome de Fun Race, em nove horas, sendo que a quarta também não pode ser cumprida em mais de três horas!

As "Voltas do Impossível" têm lugar na Serra da Freita, imediações da povoação de Rio de Frades, Arouca
As Voltas do Impossível têm lugar na Serra da Freita, imediações da povoação de Rio de Frades, Arouca

A consagração… no xisto

Aventura inspirada igualmente na Berkeley, criada pelo icónico Greg “Lazarus Lake” Cantrell e que apenas algumas – poucas – dezenas de pessoas terão conseguido completar, também nas Voltas do Impossível os aventureiros que conseguirem terminar o desafio verão os seus nomes imortilizados, garante a organização. Mais concretamente, através da inscrição dos seus nomes numa rocha gigante de xisto em Rio de Frades, a qual anunciará o seu feito… impossível.