Luca Papi demonstrou ser um corredor de outro mundo na edição deste ano da Transgrancanaria. O italiano correu e concluiu duas provas, a Trans360º (264 km/D+ 13.265m), que venceu, e a Trans GC (128 km/D+ 7500m).

 

No total, Luca Papi correu cerca de 392 quilómetros, com um desnível positivo de 20765 metros, em 77h37m20.

A odisseia do italiano terminou na madrugada deste domingo, quando cruzou a meta da Trans GC (27h23m07), principal corrida do evento da Transgrancanaria, corrida que começou pouco tempo depois de sair vencedor da Trans360º (50h14m13), prova que também ganhou em 2017 (na Trans GC, terminou na 425.ª posição).

LEIA TAMBÉM
Italiano Luca Papi vai correr os 269 km da Trans 360° e os 125 km da Transgrancanaria com um intervalo de uma hora

O feito de Papi é inédito e assombroso, tendo em vista a distância percorrida (junto com o desnível acumulado) e o tempo alcançado.