O ultrarunner Timothy Olson é o novo recordista da Pacific Crest Trail, um dos percursos mais longos dos Estados Unidos, com 4270 quilómetros.

Timothy Olson terminou os cerca de 4270 km da Pacific Crest Trail, no oeste dos Estados Unidos, em 51 dias, 16 horas e 55 minutos, superando o registo de Karel Sabbe, de 52 dias, 8 horas e 25 minutos, em 2016. Ou seja, o norte-americano correu cerca de 83 quilómetros por dia.

A Pacific Crest Trail é um dos percursos mais populares dos Estados Unidos, além de ser um dos mais compridos, já que atravessa os estados da Califórnia, Oregon e Washington. A sua rota estende-se da fronteira EUA-México até a fronteira EUA-Canadá. 

O precurso da Pacific Crest Trail, percorrida por Timothy Olson
O precurso da Pacific Crest Trail, percorrida por Timothy Olson

Em média, os caminhantes levam cerca de 5 meses (150 dias) para concluir a Pacific Crest Trail. 

De referir que o tempo de Timothy Olson tem agora de ser aprovado pelo site The Fastest Known Time, ainda mais após ter recorrido a um desvio provocado por um incêndio nas florestas nacionais Willamette e Mount Hood, embora o desvio tenha feito que o norte-americano tenha corrido mais do que o estipulado.

O feito do ultrarunner já foi elogiado pelos seus pares, que reconhecem o incrível tempo alcançado pelo norte-americano, como foio o caso de Ruan Sanders.