Um dos grandes nomes do Trail mundial, Ryan Sandes foi o vencedor do Ultra Trail Drakensberg, realizado no seu país, na África do Sul, onde correu pela primeira vez uma prova de 100 milhas (160 km).

Um ídolo na África do Sul, Ryan Sandes correu pela primeira vez uma prova de 100 milhas no seu país, uma estreia que não poderia ter corrido melhor, já que, aos 39 anos, ganhou a Ultra Trail Drakensberg.

LEIA TAMBÉM
Mary Vieira: «Os jovens têm de perceber que os apoios surgem depois de correr e não antes»

A prova foi complicada devido ao tempo, com uma névoa densa e tempo frio no Lesoto. Para termos uma ideia, os corredores chegaram a ser escoltados por habitantes locais a cavalo para que não se perdessem.

Nada que impedisse Ryan Sandes de vencer a Ultra Trail Drakensberg, que passou por Thabana Ntlenyana, o pico mais alto da África Austral (3482 metros).

O atleta da Red Bull / Salomon registou o tempo de 22h30m38

«Não há muitas corridas onde você consegue fazer um tour com os habitantes locais a cavalo», disse Ryan Sandes. «Foi um dia épico.»

Nas posições seguintes ficaram Grobler Basson (23h54m37) e Kennedy Sekhuthe (25h08m12).

FOTO: Marzelle van der Merwe