Uma das lendas do Trail Running (e não só…), Kilian Jornet revelou há dias que estava a pensar experimentar o asfalto. O espanhol revelou inclusive os seus treinos.

«Há dois anos poderia dizer, com sincera convicção, que nunca iria correr no asfalto. Pensava (e ainda penso) que correr, para mim, era uma ferramenta para me mover entre ou nas montanhas, um meio de transporte muito simples e divertido para os objetivos reais, que são as atividades nas montanhas. Mas eu fui apanhado pelo “Nunca digas nunca” e aqui estou, não apenas a correr, mas a fazer loops curtos que não me transportam a nenhum lugar. Diria que não é divertido, mas desafiar a luta por algo que eu sou ruim é uma sensação gratificante. E sim, a minha flexibilidade é péssima», escreveu Kilian Jornet na sua conta do Instagram, ao mesmo tempo que revela um vídeo do seu treino.

Uma pequena demonstração de que o espanhol está mesmo decidido a correr uma prova no asfalto, o que, certamente, será um acontecimento no Mundo da Corrida, fruto da popularidade de Kilian Jornet, só no Instagram com com mais de 960 mil seguidores.

LEIA TAMBÉM
Kilian Jornet poderá correr a Maratona de Valência

Como é habitual, Kilian Jornet também já revelou publicamente parte dos seus treinos tendo em vista a corrida no asfalto. Como podemos ver, não é motivo de vergonha, pelo contrário…

  • 10×15 segundos em aceleração a subir
  • 10×400 metros entre 64 e 62 segundos
  • 5×200 a 30 segundos
  • 2×100 a 15 segundos
  • Um minuto de recuperação em todas as séries

Recorde-se que Kilian Jornet é um homem de desafios. Por exemplo, ainda este ano, desafiou o base jumper norueguês Tom Erik Heimen numa invulgar corrida: subir ao topo da Romsdalshorn, um dos picos mais emblemáticos de Rauma, a 10 km do sudeste de Åndalsnes, e depois descer. Evidentemente, com Jornet a correr, enquanto Heimen a voar. Um desafio que merece ser visto e que demonstra o que motiva Jornet, que, em menos de uma semana, por exemplo, subiu ao Evereste por duas vezes sem auxílio de oxigénio.