A brasileira Fernanda Maciel alcançou os FKT (melhor tempo conhecido) em Gran Paradiso e em Matterhorn, duas das montanhas mais emblemáticas dos Alpes.

Tudo teve início nos 4.061 metros do Gran Paradiso, concretamente entre Pont di Valsavarenche e Pont di Valsavarenche. A brasileira realizou o percurso circular em 4h03 (2h40 de ascensão).

Insatisfeita, Fernanda Maciel, uma das ultramaratonistas mais conhecidas no mundo, foi de carro até Cervinia, já em Itália, com o objetivo de chegar ao cume de Matterhorn (4.478 m) pela aresta Lion, uma rota IV de grau de dificuldade.

LEIA TAMBÉM
Ultramaratonistas desafiados a superar as 23h15m26 de João Andrade na Douro EN 222

Um local bastante significativo para a brasileira, já que, em 2017, foi nesse local que sofreu uma lesão ocular que a deixou cega durante uns dias e a obrigou a desistir do Ultra Trail du Mont Blanc. No ano passado, e novamente em Matterhorn, perdeu o seu amigo argentino Gonzalo devido a uma avalancha.

Por isso, mais do que o FKT, o grande desafio para Fernanda Maciel foi mesmo escalar o Matterhorn devido ao «medo» que a bloqueava, como revelou à imprensa.

«A minha intenção não era alcançar um tempo em Matterhorn, era enfrentar o meu medo nessa montanha. Foi uma louca jornada pessoal», escreveu Fernanda Maciel nas redes sociais. «Não acreditei quando cheguei ao cume de Matterhorn, chorei muito. Foi algo incrível.»