Um dos principais nomes do triatlo gaulês, quarto colocado nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, a oito segundo da medalha de bronze, David Hauss é o protagonista do filme “Dada – Des Jeux Olympiques à la Diagonale des Fous”.

Campeão mundial júnior, quarto colocado em Londres 2012, outros tantos bons resultados em tantas outras provas. No entanto, David Hauss resolveu experimentar outra modalidade, concretamente o Trail.

Essa passagem é o que está reunida no documentário “Dada – Des Jeux Olympiques à la Diagonale des Fous”, recentemente lançado no YouTube.

O gaulês revela que não se arrepende do seu caminho no triatlo, mas também não se arrepende de ter encontrado o Trail, já que a modalidade corresponde mais ao que procura, «está mais de acordo com os meus valores e a minha visão de vida», afirmou à imprensa francesa. «Sou muito feliz por estar sozinho na natureza».

O documentário tem o desfecho na Diagonale des Fous, uma das provas mais difíceis do Trail, com 166 km e um desnível positivo de 9611 metros…

Refira-se que, recentemente, David Hauss superou o FKT (corrida contra o tempo) da Piton des Neiges, na Ilha Reunião, com o tempo de 8h58 (73 km / D+ 4040m).

O desafio surgiu depois da Diagonale des Fous deste ano ter sido cancelada…

Quem também colocou recentemente um documentário nas redes sociais foi o espanhol Paul Capell (leia aqui).