Tom Evans UK Ultra

Considerado um dos melhores ultrarunners britânicos, Tom Evans decidiu entrar na corrida por um dos lugares do Reino Unido na Maratona dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2021. No entanto, a tentativa de qualificação acabou no hospital…

Ex-militar que é também apontado como um dos corredores mais polivalentes da atualidade, nomeadamente pela forma como enfrenta as mais diferentes distâncias, Tom Evans decidiu correr a recete Maratona nos Kew Gardens, em Richmond, imediações de Londres, numa prova destinada a selecionar os atletas que irão representar o Reino Unido nos 42,195 km dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Depois dos excelentes resultados já obtidos nas mais variadas provas, Evans pretendia dessa forma garantir um lugar na corrida por excelência dos Jogos e mostrar mundialmente a sua valência no Mundo da Corrida.

Infelizmente, e apesar de ter conseguido manter-se durante praticamente toda a corrida de qualificação entre os dez primeiros classificados, passando os 10 km com o tempo de 31m17′, os 20 km em 1h02m43 e os 30 km em 1h34m56′, o inesperado acabaria por acontecer a sete quilómetros da linha da meta.

À passagem dos 35 km, Tom Evans foi simplesmente obrigado a desistir ao cair para o lado, acabando no hospital devido a uma infeção.

LEIA TAMBÉM
Patrocinado pela On, Chris Thompson alcança Jogos Olímpicos de Tóquio com uns Nike Vaporfly Next%

«Passei as últimas 24 horas no hospital, sob observação, depois de colapsar à passagem dos 35 quilómetros. Foi-me diagnosticada uma infeção, da qual não tinha conhecimento e que só se manifestou devido ao esforço intenso. Entretanto, vou ter de fazer mais alguns exames para descartar outros fatores», explicou o ultrarunner inglês.

Apesar desta inesperada situação, Evans também afirmou poder «regressar em breve», já que, mesmo não tendo garantido a qualificação para Tóquio, terá já nos finais de agosto a TDS do Ultra-Trail do Mont Blanc para a qual parte como um dos principais favoritos.