Maratona Popular

A Maratona é uma prova muito especial e a exigir preparação cuidada. Eis sete dicas para que a sua primeira Maratona corra pelo melhor e com sucesso.

Diga-se o que se disser, argumente-se o que se quiser, a Maratona é algo especial e diferente de tudo o resto.

Com seus 42,195 km de distância, a Maratona é não somente uma meta desportiva, como também um desafio de superação pessoal, de determinação, de realização enquanto atleta e apaixonado pela corrida.

LEIA TAMBÉM
Conselhos para correr 10 km ou uma Meia-maratona

Sendo igualmente uma das distâncias mais antigas e que remonta à Antiguidade, a Maratona é encarada de forma muito distinta pelos mais variados corredores nos dias de hoje, diferindo desde aqueles que querem testar os seus limites aos que o fazem por razões solidárias, para perder peso ou até, apenas e só, para acompanhar um amigo.

No entanto, e seja qual for o motivo, desafio ou razão para encarar esta mítica distância, será sempre preciso preparação e discernimento na forma como se aborda a prova escolhida. Portanto, decidimos deixar aqui sete dicas a todos os que se preparam para fazer a sua primeira Maratona.

  • Escolha corretamente a Maratona em que vai participar
    Evidentemente que uma Maratona são 42,195 km, mas há 42,195 km mais complicados do que outros. Portanto, se é a primeira vez que vai correr a distância, o melhor é procurar uma prova o mais plana possível, já que a experiência na corrida é fundamental para o êxito final.
Meia Maratona Bath 2020
  • Treine adequada e corretamente para a Maratona
    Para muitos especialistas, o treino para a Maratona implica quatro elementos principais que terá de trabalhar: distância base, corridas longas, trabalho de velocidade e descanso e recuperação. Preparar-se para uma Maratona deverá, por isso, demorar entre 10 e 12 semanas, no mínimo. Sendo que, também como forma de que está a preparar-se correctamente para os 42,195 km, deverá ir aumentando, semanalmente, a sua distância base. Ao mesmo tempo, e segundo vários especialistas, também deverá tentar correr, pelo menos uma vez, uma distância maior do que a Maratona de forma a que o seu organismo se adapte à distância. Essencial é também que trabalhe várias passadas e tempos, de forma a aumentar a sua capacidade cardio. Finalmente, assegure-se de que dá, uma semana antes da prova, algum descanso ao corpo, de forma a evitar a fadiga e reduzir o risco de lesões durante a Maratona.
  • Não se esqueça de comer proteínas e refeições energéticas
    Lembre-se que aquilo que comer durante os dias que antecedem a Maratona determinará grandemente se estará ou não bem apetrechado para enfrentar a distância. Como tal, é importante que coma bem e corretamente, de forma a que o seu metabolismo esteja igualmente no auge. Dito de outra forma: coma alimentos ricos em proteína e carboidratos, preferencialmente açucares complexos. Isto permitir-lhe-á acumular energia que, definitivamente, ser-lhe-á útil durante a prova. Ao mesmo tempo, recuse açúcares refinados, optando antes por frutos, vegetais e alimentos que são potenciadores musculares.

LEIA TAMBÉM
Duas americanas correm 392 km em 244 horas para terminarem em polémica

  • Hidrate-se bem antes e durante a Maratona
    A água é um bem essencial para o bem estar do organismo, sendo também um elemento essencial no treino para a Maratona. Uma hidratação correta, durante as semanas que antecedem a prova, ajudará a manter os músculos fluídos, evitando o burn out. A água garantirá que a energia e eletrólitos necessários para que continue a correr cheguem às pernas durante a Maratona. Assim, durante os treinos, ingira água em intervalos regulares de forma a estabelecer um padrão que o seu organismo reconheça. De resto, também é importante que, chegado ao dia da prova, a sua rotina de hidratação esteja bem assimilada, de forma a que não se sinta pesado durante a corrida
  • Preparação mental também é importante
    Assumir o compromisso de terminar uma Maratona acarreta, também, stress e pressão acrescidas, pelo que trabalhar a atitude correta e a abordagem positiva é um aspeto importante na preparação. Assim, mentalize-se no objetivo definido e encare o desafio de forma positiva. Lembre-se que, concretizada de forma correta, a Maratona depende em cerca de 90% da atitude mental segundo vários estudos. Assim, tal como deverá trabalhar o aspeto físico, também deverá trabalhar a atitude correta. Lembre-se que, embora difícil, este é um desafio que outros já terminaram.
  • Não comece sem fazer um check-up médico
    Ainda antes de dar início à preparação para a Maratona, faça um check-up com o seu médico de forma a ver confirmada a sua boa condição física para enfrentar este desafio. Caso tenha alguns condicionalismos ou limitações, o seu médico poderá aconselhá-lo sobre a melhor forma de os contornar ou até mesmo se é seguro, ou não, participar numa Maratona. Lembre-se que é importante que avance para esta corrida sem problemas de saúde que possam acentuar-se com o esforço a que o seu organismo será submetido
  • Não se esqueça de se apetrechar com as ferramentas necessárias e corretas
    A preparação para a Maratona poucos resultados terá se as ferramentas e equipamentos escolhidos se tornarem um obstáculo ao invés de uma ajuda. Assim, não deixe de experimentar, durante a preparação, as roupas e sapatilhas com as quais se sente mais confortável, assim como o equipamento de transporte de água, no caso de não querer recorrer aos abastecimentos.  Também é recomendável que possua o seu próprio relógio de corrida, no qual possa registar o tempo feito em cada um dos segmentos da corrida, ainda durante os treinos.

A terminar, lembre-se que o período de preparação para a Maratona é um dos mais stressantes, pelo que é necessário garantir que atravesse esta primeira etapa estabilizado (fisicamente, mentalmente e emocionalmente).

Assim, independentemente de ter decidido participar por um qualquer motivo, tenha presente que a Maratona é como tudo o resto que o desafia, sendo que só com uma correta preparação terá os resultados que pretende.