Uma das provas clássicas do calendário nacional, das mais antigas do nosso país, Samuel Barata e Jessica Augusto foram os grandes vencedores do Grande Prémio de Natal, que decorreu este domingo nas ruas de Lisboa.

Com lotação esgotada, ou seja, mais de quatro mil atletas, o Grande Prémio de Natal parece estar de vez de regresso ao seu glorioso passado.

Nesta 60.ª edição, a corrida mostrou toda a sua vivacidade, a começar pela elite da prova, que procurou constantemente o triunfo.

No masculino, o primeiro foi Samuel Barata, que, recentemente, acabou por desistir da Maratona de Valência. Este domingo, Samuel Barata terminou os 10 km em 29m37, ou seja, um segundo a mais do seu recorde pessoal.

LEIA TAMBÉM
Samuel Barata e a sua estreia na Maratona: «Resultado não foi nada bom. Não era o que esperava»

Nas posições seguintes ficaram Fernando Serrão, com 29m39, e Miguel Ribeiro, com 29m42.

Na prova feminina, uma corrida mais folgada para Jessica Augusto, que cruzou a meta com o tempo de 32m44.

A luta, por isso, ficou para o segundo lugar do pódio, com Emília Pisoeiro (34m26) a ser mais forte do que Mónica Silva por apenas 15 segundos.

Ou seja, Samuel Barata e Jessica Augusto acabam por ser os rostos desta edição do Grande Prémio de Natal, que está mais vivo do que nunca, após um período em que a prova amargou tempos realmente complicados.

LEIA TAMBÉM