Em várias corridas, a presença de lebres é mais do que natural. Na Cursa de la Mercé, uma lebre chamou a atenção: Isidre Ferrer, 84 anos, nos 70 minutos.

A Cursa de la Mercé, de 10 km, é uma das provas mais tradicionais de Barcelona. Como acontecem nos grandes eventos, também conta com algumas lebres. Na edição deste ano, uma delas foi Isidre Ferrer, com 84 anos, provavelmente a lebre mais experiente do Mundo. Na prova, o espanhol levou a bandeira dos 70 minutos.

Isidre Ferrer começou a correr com 39 anos. Cerca de 11 anos depois, alcançou, com 50 anos, o seu melhor tempo na Maratona: 2h45m05, um tempo que muitos jovens não conseguem correr a distância. No seu curriculum, tem ainda, por exemplo, uma prova de 100 quilómetros, correndo a os três dígitos em menos de 10 horas.

LEIA TAMBÉM
Americana sagra-se a mulher mais pesada a terminar uma Maratona

Diariamente, Ferrer corre entre 7 e 10 km e por isso estava plenamente capacitado para alcançar o seu objetivo, apesar da dúvida de alguns atletas na partida, pelo menos quem não conhecia o espanhol, uma das figuras das corridas amadoras de Barcelona.

No entanto, a verdade é que Ferrer, com os seus 84 anos, cumpriu o seu objetivo, inclusive chegou alguns minutos antes…

Além do veterano atleta, a Cursa de la Mercé contou com 17 lebres, entre elas com a jovem Emma, de apenas 16 anos, que marcou o ritmo de 65 minutos.

Em relação a prova, os vencedores foram Artur Bossy Anguera, com 30m12, e Gemma Barrachina, com 35m16, ou seja, muito menos que os 70 minutos de Ferrer. No total, 12 mil atletas inscritos, com 3.676 corredoras, novo recorde da corrida, que tinha como tempo limite 1h45.

FOTO: La Sansi