Evidentemente, Eliud Kipchoge era um corredor extremamente feliz após o seu feito deste sábado, quando correu a Maratona em menos de 2h00. O queniano espera agora que o seu registo seja o primeiro de muitos num futuro próximo.

«Sinto-me bem. Sou o homem mais feliz do mundo após ser o primeiro a correr a Maratona em menos de 2h00. Espero agora que mais pessoas ao redor do mundo consigam correr abaixo das 2h00 a partir de hoje», afirmou Kipchoge.

Para termos uma ideia do feito alcançado pelo queniano neste sábado, Kipchoge correu por 422 vezes os 100 metros em cerca de 17 segundos. O seu tempo, por quilómetro, foi de 2m50… Absolutamente estrondoso e monstruoso.

LEIA TAMBÉM
Kipchoge prova que o homem pode correr a Maratona em menos de 2h00
As parciais de Kipchoge para correr a Maratona em menos de 2h00
O álbum fotográfico de quando Kipchoge correu a Maratona em menos de 2h00

«Fizemos história (…) As lebres fizeram um enorme trabalho, estão entre os melhores corredores de todos os tempos», afirmou ainda Kipchoge, que fez questão de salientar que não há barreiras e limites para o ser humano.

«Espero que este desafio seja uma inspiração e uma fonte de esperanças para todos. Não há limites para o homem», defendeu o queniano, que salientou o trabalho de todos. «Juntos podemos fazer um mundo melhor.»

Sobre a corrida em si, que foi denominada INEOS 1:59, Kipchoge, recordista do mundo na Maratona com 2h01m39 (refira-se que a marca alcançada este sábado não cumpre as regras da IAAF e portanto não será homologada), confessou que foi uma corrida «dura», mas que esteve sempre concentrado no seu objetivo.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.