O norte-americano Gene Dykes é o novo recordista mundial da Maratona na categoria Sub-70. Em Jacksonville, na Flórida, correu a distância em 2h54m23. Com… 70 anos!

 

O recorde estava na posse do canadiano Ed Whitlock desde 2004 (na altura com 73 anos), o que demonstra a grandeza do tempo alcançado por Gene Dykes, que correu os 42195 metros a um ‘pace’ médio de 4m08 por quilómetro.

De referir que o norte-americano correu recentemente a Maratona de Roterdão (2h57m43) e a Maratona de Toronto em outubro, alcançando o tempo de… 2h55m17. Além de correr no início do mês uma Ultramaratona de 50 quilómetros. Ou seja, estamos definitivamente perante um corredor acima da média.

Em Jacksonville, o norte-americano cruzou a Meia-maratona com o tempo de 1h26m56, superando finalmente o recorde do já falecido Ed Whitlock.

«Comecei a ter cãibras quando faltavam cerca de 3,5 km para o término, não muito fortes, mas suficientes para passar mal. Quando faltavam apenas 400 metros para a meta, tive uma cãibra muito forte e fui obrigado a parar e a esperar que ela desaparecesse. Não conseguia caminhar.»

Gene Dykes tem o recorde da Maratona de Boston

De referir que Gene Dykes começou a correr Maratona aos 58 anos. No entanto, os recordes só começaram a aparecer no ano passado, todos em pista: 15 km, 10 km, 10 milhas, 20 km, 25 km, 30 km e 20 milhas. Um dos seus feitos foi ter sido uma das 13 pessoas a correr a “tripla coroa” de 200 milhas de Ultramaratonas por pista em 2017, “evento” composto pela Bigfoot 200, Tahoe 200 e Moab 240, sendo o atletas mais velho de todos os participantes.

Este ano, na Maratona de Boston, Dykes correu a tradicional prova em 3h16, novo recorde da sua categoria.

LEIA TAMBÉM
Camille Herron estabelece novo recorde mundial nas 24 horas em pista