Prova emblemática no calendário do atletismo japonês, as estafetas Hakone Ekiden 2020 promete ficar para a história depois de ter registado um total de 15 novos recordes. Incluindo, o cumprir da distância de uma Meia-maratona em apenas 58m35!

A notícia foi avançada pelo site Japan Running News, que chamou o evento de «um verdadeiro arrasador de recordes». E a verdade é que não andou longe disso…

Evento desportivo tradicionalmente disputado por equipas de atletas universitários – este ano, inscreveram-se 21 universidades -, a Hakone Ekiden cumpre-se ao longo de dois dias, nos quais há 10 passagens de testemunho ao longo de 217,1 km.

LEIA TAMBÉM
«A Meia-maratona é a distância ideal para conciliar com o dia-a-dia»

As surpresas, no entanto, começaram logo no primeiro dia e nos primeiros 21,3 quilómetros, quando Rei Yonemitsu, após deixar para trás os favoritos nos 300 metros finais, retirou sete segundos ao recorde desta primeira etapa, terminando com o tempo de 1h01m13.

Disputada na forma de estafetas, todas com distâncias a rondar a da Meia-Maratona, a Hakone Ekiden deste ano foi um verdadeiro arrasar de recordes

Já na segunda etapa, Akira Aikawa, de Toyo, não se deixou impressionar e estabeleceu novo recorde para os 23,1 quilómetros que tinha a seu cargo, a fazer a marca de 1h05m57.

Contudo, a maior surpresa surgiria não na etapa 3, em que, de resto, também se estabeleceu um novo recorde, mas na estafeta 4. Vincent Yegon, de apenas 19 anos, conseguiu retirar 2m11 ao anterior tempo desta etapa, fixando 59m25 como novo melhor tempo nestes 21,4 quilómetros. Ou, se observado de outra forma, 58m35 nos 21,1 km que compõem uma Meia-maratona.

Primeiro e segundo na Hakone Ekiden com tempos abaixo do recorde

Já no segundo dia, as mesmas prestações impressionantes por parte dos atletas universitários japoneses, com as duas equipas mais rápidas a fixarem novos recordes em várias estafetas.

LEIA TAMBÉM
Banana corre Meia-Maratona de Toronto e termina com recorde!

No final da prova, a vitória acabou pertencendo à Universidade Aoyama Gakuin, com um tempo total de 10h45m23, marca que é igualmente novo recorde na Hakone Ekiden.

No segundo lugar, e a apenas dois segundos do vencedor, ficou a Universidade Tokai, com o tempo de 10h48m25 e que é também marca abaixo do anterior recorde. Ao passo que, no terceiro posto, com o tempo total de 10h54m20, ficou a Universidade Koku Gakuin.

De resto, para a história, ficam ainda os 15 recordes batidos nesta edição da Hakone Ekiden.

Evento desportivo tradicionalmente disputado por equipas universitárias, a Hakone Ekiden de Tóquio deste ano contou com um total de 21 formações

O que significa Ekiden?

A palavra Ekiden resulta da combinação de dois caracteres japoneses, que significam “Estação” e “Transmitir“.

Resumidamente, as corridas Ekiden remetem para o período Edo no Japão, ou seja, entre 1603 e 1867. Período em que correios a pé percorriam a estrada de Tokaido, que ligava a cidade de Edo (hoje em dia, Tóquio) à capital imperial Kyoto, num total de aproximadamente 508 quilómetros de distância, para entregar mensagens.

Hoje em dia, as corridas Ekiden são um evento popular no Japão, realizando-se em vários locais do país, sem que haja uma distância ou número de equipas participantes pré-definido.