O norte-americano Bernard Lagat, de 44 anos, correu a Maratona de Gold Coast, na Austrália, em 2h12m10, a 40 segundos dos mínimos olímpicos para Tóquio 2020, de 2h11m30.

Queniano naturalizado norte-americano em 2004, Bernard Lagat tem vários registos mundiais no seu curriculum. O último alcançado no domingo na Gold Coast, quando correu a Maratona em 2h12m10.

Um tempo realmente excelente, tendo em vista que Bernard Lagat fez a sua estreia na distância em novembro último, em Nova Iorque, quando registou 2h17m20. Ou seja, esta foi a sua segunda Maratona da carreira.

Com este resultado alcançado na Austrália, Bernard Lagat, duas vezes medalhista olímpico nos 1500 metros, superou o registo mundial do compatriota Meb Keflezighi (2h12m20), sendo agora o corredor mais rápido com mais de 40 anos.

De referir que Bernat Lagat tem todos os recordes Master 40 desde os 1500 metros até a Maratona. Em dezembro, o norte-americano completa 45 anos e já tem uma meta por alcançar: superar o recorde mundial do queniano Kenneth Mungara, de 2h12m47, marca alcançada na Maratona de Hong Kong, em fevereiro último.

O vencedor da prova australiana foi o japonês Yuta Shitara, que, em 2016, ganhou mais de um milhão de dólares após ter superado o recorde nacional do seu país (2h06m11). Na Gold Coast, venceu com o registo de 2h07m50.