Vítor Rodrigues correu numa pista de Atletismo durante 24 horas. O objetivo era superar o recorde nacional, feito que alcançou, mas também alertar para os problemas da Saúde Mental.

No total, o atleta do Vitória de Guimarães correu 251,6 km, totalizando 629 voltas à pista. Deste modo, Vítor Rodrigues superou a anterior marca, concretamente de 236,7 km, que estava na posse de Luís Gil tinha deste 2019, registo alcançado nos Campeonatos do Mundo 24 horas (atenção: não podemos ignorar que a Federação Portuguesa de Atletismo não reconhece esta disciplina no âmbito do Atletismo de pista).

Num desafio bastante complicado devido às condições atmosféricas provocadas pela Tempestade Dora, além da pandemia no qual o mundo está a viver, o que provocou uma série de regras a cumprir pela parte de todos, Vítor Rodrigues encontrou forças no lema que trouxe para este desafio:

«Ninguém deve correr sozinho!»

Foi com esta mensagem à causa da Saúde Mental que Vítor Rodrigues acabou por alcançar o seu objetivo, numa corrida que, como aconteceu recentemente com o desafio de Kilian Jornet, alterou a direção da sua corrida de tempos em tempos.

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Vitória Sport Clube (@vitoriasc_oficial)

O novo recorde nacional a correr 24 Horas numa pista de Atletismo aconteceu na Pista Gémeos Castro, em Guimarães.

Estas foram algumas das marcas de Vítor Rodrigues:

  • 50 km: 4h10
  • 100 km: 8h30
  • 160 km (100 milhas): 14h00

Recorde-se que, recentemente, o Harald Bjerke terminou o desafio Phantasm24, o mesmo em que participou Kilian Jornet, que não conseguiu terminar a prova.

Na ocasião, o norueguês correu 232 km (leia aqui).