Última evolução daquela que é uma das sapatilhas de Trail mais categorizadas da conhecida marca francesa de material desportivo, as Salomon Sense Ride 4 foram colocadas à prova aqui nos Corredores Anónimos. Uma certeza: a utilização e capacidades destas Sense Ride 4 vão muito para além do mero Trail.

Escolha de vários nomes famosos do Trail mundial, como é o caso de Emelie Forsberg ou de Kilian Jornet, ou ainda, e no panorama nacional, como acontece com Ester Alves ou Armando Teixeira, a Salomon tem nas novas Sense Ride 4 a sua mais recente criação com vista aos pisos de Trail, mas que, depois, mostram-se perfeitas para praticamente todos os tipos de utilização!

Sapatilha com um drop regular (8 mm), fruto de uma sola em borracha concebida com a tecnologia Contagrip e da qual faz igualmente parte o já conhecido sistema de amortecimento Optivibe, as novas Salomon Sense Ride 4 reafirmam a excelência já afirmada pelas antecessoras Sense Ride 3. Graças, desde logo, pelo facto de conseguirem oferecer uma excelente conjugação entre elevado amortecimento, muito conforto e uma ótima capacidade de tração nos mais variados terrenos.

As Salomon Sense Ride 4 apresentam um drop de 8 mm
As Salomon Sense Ride 4 apresentam um drop de 8 mm

Recorrendo a uma parte superior em tecido suficientemente protetor e resistente à grande maioria das agressões exteriores, fruto também da aplicação de uma malha antidetritos, assim como de um reforço em borracha na biqueira, as novas Salomon Sense Ride 4 mostraram-se aptas a enfrentarem não somente os terrenos mais acidentados em floresta, onde os talões em forma de diamante com 4 mm garantem uma ótima capacidade de tração, como até mesmo em superfícies mais rochosas e com areia solta em locais como a praia e onde, graças também à facilidade de respiração proporcionada pela malha superior, estas sapatilhas conseguem igualmente secar com alguma facilidade após colocarmos o pé numa ou outra poça de água.

LEIA TAMBÉM
Corredora raramuri vence a Ultra Maratón de los Cañones com saia e sandálias

Nota também para o já tradicional sistema de fecho da Salomo que as Sense Ride 4 repetem, conhecido como fast-lace e que, basicamente, resume-se a um fio único com sistema de tranca ajustável.

No nosso caso, não podemos deixar de elogiar a capacidade deste sistema para eliminar qualquer folga que possa surgir entre o pé e a orelha da sapatilha, ainda que, por termos um pé pequeno e não muito alto, depois sobre demasiado fio à solta, o que obrigou a arranjar uma solução mais engenhosa para que, por exemplo, durante a corrida, não acontecesse o azar supremo deste ficar preso num qualquer ramo, levando-nos à queda.

As Salomon Sense Ride 4 revelaram um óptimo amortecimento e conforto
As Salomon Sense Ride 4 revelaram um óptimo amortecimento e conforto

Finalmente, e com um peso anunciado de 290 gramas, a prova igualmente de que estas Sense Ride 4 conseguem fazer boa figura inclusive durante aquele que é, não raras vezes, o teste mais exigente por que umas sapatilhas podem passar: a utilização intensiva do dia-a-dia, desafio em que as novas Salomon Sense Ride 4 passaram com distinção.