Maratona de Londres
Só na edição de 2018, os responsáveis da Maratona de Londres recolheram mais de 350 mil garrafas de plástico que os atletas atiraram para o chão

Depois de um longo interregno, é já no próximo dia 15 de maio que Londres volta a viver a alegria de uma prova de massas, um evento popular. Trata-se do Reunion 5K, sinónimo de várias corridas de 5 km para o público em geral, também com o propósito de testar a viabilidade de evento desportivos maiores, como a mítica Maratona de Londres.

A procurar colocar para trás das costas as limitações e proibições impostas pela pandemia de COVID-19, e já com o pensamento na possibilidade de realização, ainda este ano, da mítica Maratona de Londres nos moldes ditos normais, Londres começa a preparar eventos mais pequenos que permitam avalizar a hipótese de regresso daquele que é um dos maiores eventos desportivos realizados hoje em dia na capital do Império britânico.

Com a Maratona londrina agendada para 3 de outubro, a maior cidade britânica prepara-se para realizar, já no próximo dia 15 de maio, três corridas de 5 km para o público em geral, as quais servirão de teste para os eventos maiores que a capital inglesa quer retomar já este ano.

LEIA TAMBÉM
Maratona de Londres quer bater o recorde do mundo de participantes em 2021

Segundo as informações já divulgadas, cada uma destas corridas de 5 km contará com a participação de um máximo de 3.000 atletas e com público a assistir, sendo que, a fazer diferença entre as três corridas, surge o formato em que serão realizadas:

  • A corrida A com uma partida separada de três blocos, cada bloco com 1.000 atletas, enquanto as corridas B e C apresentarão uma partida conjunta dos 3.000 participantes
  • Enquanto na corrida A será imposta a distância social entre corredores, nas corridas B e C não existirá tal imposição
  • Nas corridas A e B, os espetadores serão obrigados a distanciamento social, ao passo que, na corrida C, tal não será imposto

O objectivo destas medidas, recorda a organização, é apurar qual o formato mais viável para o futuro.

Finalmente, e a par destes condicionalismos, a organização do evento tem ainda previsto impor mais algumas medidas obrigatórias, entre as quais:

  • A realização de um teste ao COVID-19 na sexta-feira, dia 14 de maio, sendo que a organização enviará todos os detalhes aos participantes de como solicitar o teste para poder realizá-lo em casa ou no centro de testes local após a inscrição
  • Apresentar o resultado do teste com a indicação de negativo
  • Fazer ainda um teste PCR, em casa, antes e depois do evento, sendo que a organização também se encarregará de enviá-los para casa do atleta para que os possam realizar até ao dia 14 de maio
  • Descarregar o aplicativo NHS Test and Trace no smartphone antes de chegar ao evento
  • Preencher um pequeno questionário após o evento
  • Concluir o Reunion 5K em menos de 60 minutos