Especialista nos 800 e 1500 metros, o norte-americano Nick Symmonds correu a sua primeira Maratona em Honolulu, em 2017. Dias depois, o norte-americano revelou cinco conselhos para quem pretende correr a distância.

No primeiro, relacionado com a hidratação, Symmonds salientou estar bastante hidratado antes do início da corrida, algo fundamental para quem correrá a distância, ainda mais uma Maratona bastante quente e húmida, como foi o caso de Honolulu. O norte-americano, que admitiu transpirar muito, revelou que consumiu uma bebida isotónica aromatizada com citrinos antes da corrida, a mesma que utilizou na parte final. «Compreendi porque o cocktail de líquidos é tão importante para os profissionais da Maratona», escreveu. 

No segundo conselho, Symmonds aborda o tema da chuva, quando implorou por uns pingos do céu na primeira metade da corrida, que caiu na altura do 19.º quilómetro. No entanto… «Rapidamente enrugou os meus pés e as minhas sapatilhas ficaram encharcadas. A partir de então só pensei o quanto estavam pesados os meus ténis…» 

LEIA TAMBÉM
Hu Yingfu e Wang Zhangmin: quando a corrida também é amor… com 54 anos

O “Muro” também afetou Symmonds, concretamente a partir do 32.º quilómetro, quando pensou em parar. O que fez? Recorreu a Mint Run Gum. «A mistura de energia existente na pastilha elástica despertou-me, mas também foi muito bom ter algo em que concentrar. Como mentalmente trabalhei os ingredientes ativos da pastilha, o ato de mastigar e concentrar-me no sabor permitiu que a minha mente se afastasse da dor das pernas. No entanto, aprendi que há momentos muito específicos quando a força normal da Mint Run Gum não é suficiente. Talvez seja hora de uma fórmula Extra Strength?»

Nick Symmonds não gosta de subidas na Maratona, mas também nos treinos

Na sua quarta impressão sobre a Maratona, o norte-americano aborda o tema das colinas/subidas, que ele «odeia», algo natural para quem corre grande parte da carreira em pista. «Não gosto de colinas em treino, imaginem na Maratona», escreve. «A subida no quilómetro 38 quase significou a minha desistência.» 

No quinto conselho sobre a Maratona, Nick Symmonds refere a meta, o objetivo como algo fundamental. Após admitir que foi mordido pela Maratona, o norte-americano revela que o seu objetivo em Honolulu era correr a prova em 3h00, algo que falhou por… 35 segundos.

Recorde-se que Nick Symmonds ganhou a medalha de prata no Mundial de 2013, nos 800 metros, e tem duas participações olímpicas, em 2008 (eliminado nas meias-finais) e 2012 (quinto na final com o seu melhor tempo nos 800 metros, 1m42s95).

Hoje o norte-americano é um youtuber, onde é seguido por milhares de amantes da corrida e não só.

Foto: Instagram