Depois da realização de vários eventos, em Portugal e no Brasil, a One Hundred acaba de apresentar o seu mais recente desafio: o Campeonato Mundial Artificial Mountain Trail, evento que terá lugar entre os próximos dias 25 e 27 de junho, contemplando várias distâncias e propondo como cenário imaginário a cadeia montanhosa dos Dolomitas, nos Alpes italianos.

Realizada com recurso a uma aplicação criada especialmente para o efeito pela tecnológica norte-americana IDERU e que os atletas deverão descarregar nos respetivos smartphones, esta não é no entanto uma prova virtual. Pelo menos não da forma como a maioria de nós conhece este tipo de eventos.

LEIA TAMBÉM
Michael Versteeg foi o vencedor das Cocodona 250 milhas (402 km)

Embora podendo ser feita em qualquer lugar do planeta, o Campeonato Mundial Artificial Mountain Trail recorrerá neste caso a um algoritmo próprio, ao qual caberá calcular, em tempo real, o esforço realizado pelo atleta. Isto para que corresponda às condições de distância e altimetria que enfrentaria nos Alpes italianos.

Desta forma, e embora realizando a prova em cenários distintos, todos os atletas partirão em pé de igualdade, já que terão de sujeitar-se ao mesmo nível de esforço.

As Dolomites

Ainda sobre o evento propriamente dito, importa dizer que é proposto em quatro distâncias distintas: 16 km, 40 km, 80 km e 160 km, opções que contribuem para que a organização preveja a participação e envolvimento de atletas de todo o Mundo.

Igualmente a contribuir para esta expetativa são os prémios em jogo:

Em relação a medalhas, temos os seguintes critérios: