MARATONA SEVILHA 2020

Maratona tradicionalmente com uma forte participação portuguesa, a Maratona de Sevilha 2020 tem lugar já este próximo domingo, dia 23 de fevereiro. Sendo que, a pensar especificamente em si, que já possui dorsal e vai estar à partida para os 42,195 km andaluzes, explicamos-lhe tudo o que precisa saber para que a experiência corra pelo melhor!

Terceira edição com o selo Gold Label Road Race da World Ahletics, sinónimo de reconhecimento enquanto uma das melhores provas do género no mundo, a Maratona de Sevilha 2020 tem lugar já este fim-de-semana. E, mais uma vez, com uma forte participação portuguesa.

Numa prova em que são esperados cerca de 13 mil participantes, e em que a organização coloca o enfoque na minimização do impacto ambiental da corrida, nomeadamente fomentando a utilização de copos de papel nos abastecimentos e dos transportes públicos nas deslocações de e para o local da corrida, revelamos-lhe tudo o que precisa saber para que não se perca no mundo que é este evento. E, dessa forma, também os resultados sejam os melhores!

LEIA TAMBÉM
Maratona de Sevilha convida proscritos de Tóquio a correrem em Espanha

  • O PERCURSO
    Tal como em anos anteriores, a edição de 2020 da Maratona de Sevilha disputa-se, principalmente, na zona mais antiga da capital andaluz, com a partida e a meta situados no Paseo de las Delicias. Ainda que, e segundo avança a organização, com os quilómetros mais decisivos a terem lugar este ano no coração da cidade e numa zona onde, previsivelmente, existirão mais espectadores.
    De resto, mantendo-se como uma das maratonas mais planas da Europa, com uma diferença de apenas 10 metros entre o ponto mais alto e mais baixo do percurso, a Maratona de Sevilha contempla ainda um total de 33 curvas, a grande maioria na zona histórica, zona onde acontece a fase final da corrida, mais precisamente entre os quilómetros 34 e 42, ao longo daquelas que são as ruas mais turísticas e onde estão os monumentos mais atrativos.
    Caso esteja em Sevilha apenas para assistir à corrida, saiba que pode posicionar-se nas zonas de partida e meta, assim como junto aos quilómetros 12 e 34. Sendo que, se estiver na disposição de andar mais, em apenas um raio de dois quilómetros tem seis pontos onde pode assistir à passagem dos atletas!
  • ACESSOS, VESTUÁRIOS, ZONAS DE PARTIDA
    Caso se desloque a Sevilha para correr a Maratona, é importante que tenha em atenção a cor de fundo do seu dorsal, o qual indica a zona da partida de onde sairá. Antes disso, preencha, sem falta, todas as informações pedidas na parte de trás do dorsal, pois, de outra forma, poderá ser impedido de correr.
    Uma vez que o acesso às respectivas zonas de partida no garrafão abrem às 07h00, é recomendável que os atletas estejam nos lugares devidos antes da 08h00. Sendo que, na realização desta contabilidade, o corredor deverá levar em linha de conta que, desde a zona dos vestuários, na Avenida Santiago Montoto, são pelo menos 10 minutos a andar até ao local da partida.
    Já ao vestuário, o acesso é feito pela Glorieta Marineros Voluntários, mesmo ao lado do Paseo de las Delicias e da Puente de los Remedios.
    Finalmente, evite tentativas de entrar numa zona de partida que não é a sua, pois isso só atrasará a partida, sendo que, uma vez na sua zona, não vale a pena forçar para ficar lá à frente. Afinal, trata-se de uma zona de saída larga, seguida de uma avenida sempre a direito, pelo que terá muito tempo para adquirir o ritmo certo.

LEIA TAMBÉM
Portugal vai invadir Espanha para correr a Maratona de Sevilha

  • GUARDA-ROUPA
    Localizados na Avenida Santiago Montoto, com acesso pela Glorieta Marineros Voluntários, os guarda-roupas ficarão responsáveis por guardar os pertences dos atletas, uma vez guardados no saco oferecido a todos os participantes na corrida, aquando da entrega do dorsal. Tenha, no entanto, em atenção, não deixar objetos de valor ou frágeis.
    A organização recorda ainda que os guarda-roupas estarão organizados em grupos de 300 dorsais, sendo que, uma vez que esta infraestrutura ainda está distante da partida, cerca de 500 metros, deverá entregar a sua roupa para que fique guardada com algum tempo de antecedência – de preferência, ainda antes das 8h00.
    De referir ainda que, tanto na zona dos guarda-roupas como ao longo do caminho até à partida, existirão vários WC.

LEIA TAMBÉM
A Maratona de Sevilha foi «uma pequena viagem ao Inferno da corrida»

  • ABASTECIMENTOS
    Ao todo, a Maratona de Sevilha conta com um total de 15 pontos de abastecimento, mais as bebidas e alimentos dados à chegada. Sendo que, à disposição dos atletas, estarão ainda, equipas de assistência médica. Assim, eis os quilómetros, tipos de abastecimento e assistência que poderá encontrar:

KM 5 – Água e bebida isotónica, em ambos os lados do trajecto. Assistência médica e WC.

KM 7,5 – Água e bebida isotónica, em ambos os lados do trajecto

KM 10 – Água e bebida isotónica, em ambos os lados do trajecto, além de um posto médico e WC

KM 12,5 – Água e bebida isotónica, em ambos os lados do trajecto

A desejada medalha da Zurich Maratona de Sevilha 2020
A desejada medalha da Zurich Maratona de Sevilha 2020

KM 17,5 – Água e bebida isotónica, em ambos os lados do trajecto

KM 20 – Água e bebida isotónica, em ambos os lados do trajecto, além de um posto médico e WC

KM 22,5 – Água e bebida isotónica, em ambos os lados do trajecto, assim como esponjas húmidas

KM 25 – Água e bebida isotónica, além de alimento sólido e géis, mas apenas do lado direito do percurso. Assistência médica e WC

KM 27,5 – Água, bebida isotónica e géis, em ambos os lados do trajecto

O percurso da Maratona de Sevilha
O percurso da Maratona de Sevilha

KM 30 – Água e bebida isotónica, além de alimento sólido e géis, em ambos os lados do percurso. Assistência médica e WC

KM 32,5 – Água, bebida isotónica, e esponjas, apenas de um dos lados do percuros

KM 35 – Água e bebida isotónica, além de alimento sólido e géis, em ambos os lados do percurso. Assistência médica e WC

LEIA TAMBÉM
Os impressionantes números da Maratona de Sevilha

KM 37,5 – Água e bebida isotónica, em ambos os lados do trajecto

KM 40 – Água e bebida isotónica, além de alimento sólido e géis, em ambos os lados do percurso. Assistência médica e WC

META – Água e bebida isotónica, além de alimento sólido e géis. Assistência médica e WC

  • O FINAL
    Uma vez terminada a corrida e cumprida a passagem pela meta, não se esqueça de deslocar-se até ao guarda-roupa onde deixou os seus pertences para levantá-los. Mas atenção: a organização pede para não tirar o dorsal, pois será importante no encontrar do seu saco!

LEIA TAMBÉM