Os organizadores da Maratona de Berlim estão neste momento em intensas reuniões tendo em vista a realização da prova deste ano, agendada para 27 de setembro, que poderá não se realizar devido a Covid-19.

O possível cancelamento da Maratona de Berlim ocorre após o Governo regional da capital alemã ter proibido, até o dia 24 de outubro, eventos com mais de 5.000 pessoas, sejam eles desportivos ou sociais.

Uma medida que afetará diversas iniciativas, não só a Maratona de Berlim.

«Isto também é relativamente novo para nós e estaremos em reuniões de crise nas próximas horas para esclarecer a todos como vamos lidar com esta situação», afirmou à rbb | 24 o diretor da organização SCC Events, Jürgen Lock.

Recorde-se que só a Maratona de Berlim, uma das Six Majors, circuito que reúne as seis principais maratonas do mundo (além da prova germânica, temos a de Londres, Tóquio, Nova Iorque, Chicago e Londres), reúne cerca de 50 mil corredores. Além do mais, segundo várias estimativas, a assistência nas ruas chega a ser de um milhão de pessoas.

LEIA TAMBÉM
Onde estava o pelotão quando Kipchoge terminou a Maratona de Berlim?

Sendo um dos percursos mais rápidos do mundo, local onde, em 2018, o queniano Eloid Kipchoge registou o recorde do mundo da Maratona (2h01m39) e onde, no ano passado, Kenenisa Bekele correu em 2h01m41, a Maratona de Berlim é aguardada por todos com enorme expetativa, já que há sempre a possibilidade da distância apresentar grandes marcas.

Apesar da Alemanha começar a abrandar a quarentena, os responsáveis pelo Governo da região de Berlim não acreditam que, em setembro, esteja tudo pronto para a cidade acolher os milhares de corredores, além das suas famílias e amigos.

«Quem acredita que podemos levantar algumas restrições a cada duas semanas, semana após semanas, e que, em setembro, o mundo será como antes, está totalmente equivocado», afirmou o responsável pela pasta da Cultura, No obstante, tanto Pop como el titular de Cultura, Klaus Lederer.

A verdade é que, depois da decisão do Governo regional alemão, a Maratona de Berlim não deverá ser realizada segundo os moldes habituais, tudo devido a Covid-19. Por isso, há três hipóteses:

  • a prova será adiada
  • a prova será cancelada
  • a prova será disputada, mas com diversas condicionantes, como aconteceu com a recente Maratona de Tóquio, que só contou com os corredores da elite

LEIA TAMBÉM