A organização do Mundial de Ironaman adiou a prova para fevereiro, o que acontece pela terceira vez consecutiva, já que foi adiada a edição de 2020 para fevereiro de 2021 e deste para outubro de 2021.

Como é lógico, o adiamento deve-se a pandemia da Covid-19, com o Hawai a viver o seu pior momento até agora, como podemos ler num comunicado.

«Os riscos são muito grandes para suportá-los», garante a organização do Mundial do Ironman, que adiou a prova para 5 de fevereiro de 2022 (estava agendada para o dia 9 de outubro).

LEIA TAMBÉM
Campeão olímpico de triatlo: «Sabia que teria de correr em torno dos 29m20»

Segundo notícias locais, a taxa de ocupação dos cuidados intensivos em Kona, onde é realizado a principal prova de triatlo do mundo, está em 80%, fruto da variante Delta.