Kilian Jornet Everest

Numa altura em que muitos apaixonados pela corridas estão impedidos de praticar a sua paixão devido ao confinamento obrigatório às suas residências, um dos mais reconhecidos corredores de montanha do mundo, o catalão Kilian Jornet, volta a proporcionar-nos momentos de êxtase. Desta feita, convidando ao visionamento grátis do seu filme “Path to Everest”, numa iniciativa a que chamou Everest at Home“.

Depois de já ter disponibilizado os três primeiros documentários do projecto Summits of My Life, integrados numa iniciativa a que chamou Summits at Home, Kilian volta a contribuir para que confinamento seja mais fácil de suportar. Desta feita, disponibilizando o documentário que relata a sua dupla subida ao Monte Evereste, registada no filme Path to Everest (“Caminho para o Evereste” em português).

LEIA TAMBÉM
Kilian Jornet e o coronavírus: «O importante é não sermos individualistas, mas pensar no coletivo»

Assim, é já no próximo domingo, dia 19 de abril, que os espetadores poderão visionar este momento e conhecer as impressões de quem viveu todos os momentos no Evereste juntamente com Kilian Jornet, os realizadores Sébastien Montaz-Rosset e Josep Serra.

Através dos testemunhos destes dois responsáveis pela película, os espetadores vão poder não só conhecer os segredos por detrás da realização, mas também os momentos mais invulgares vividos durante a dupla subida ao pico mais alto do mundo.

Em "Path to Everest", Kilian Jornet leva-nos a paisagens incríveis
Em “Path to Everest”, Kilian Jornet leva-nos a paisagens incríveis

No entanto, e para que possam assistir a “Path to Everest“, os interessados vão ter de se registar neste link de forma a que, no domingo, a partir das 14h00 em Portugal (mais 4h00 que no Brasil), possam receber um email com o endereço que lhes permitirá assistir à película, a qual, recorde-se, só estará disponível durante 24 horas e com legendas em cinco línguas: espanhol, francês, inglês, alemão e italiano.

«Desde que entrámos em quarentena que todos procuramos formas de nos entretermos e divertirmos, seja através de conteúdos gratuitos, de um livro, de iniciativas de solidariedade… Esperamos que esta iniciativa seja uma pequena ajuda para tornar toda esta situação mais suportável», afirma Kilian Jornet.