O Ironman tem um novo recordista: Hiromu Inada, atualmente com 87 anos, acaba de ser reconhecido como a pessoa de mais idade a conseguir terminar o Mundial. Feito que, diga-se, garante a este veterano atleta a inscrição do seu nome no Livro de Recordes do Guiness.

O feito de Hiromu Inada foi alcançado no dia 13 de outubro de 2018, no Ironman que teve lugar em Kailua-Kona, no Hawai. Isto numa altura em que o japonês somava 85 anos e 328 dias.

LEIA TAMBÉM
Em confinamento, atleta mais velho do mundo continua a pedalar aos 108 anos

Em declarações ao jornal Japan Times, Inada reconheceu que o Ironman «é uma prova extremamente exigente para uma pessoa de idade como eu. No entanto, há uma parte de mim que quer desafiar-se a si própria, sendo que eu próprio quero descobrir até quando é que vou conseguir competir».

De resto, «se existem pessoas que claramente torcem por mim, penso que é minha obrigação corresponder às suas expetativas», concluiu o Hiromu Inada, cujo nome passou a figurar no Livro de Recordes do Guiness, que reconheceu agora o seu feito.

Apesar dos 85 anos, Hiromu Inada conseguiu terminar os mais de 200 km e inscrever o seu nome no Guiness Book of Records.  Fonte: Youtube Kyodo News Plus
Hiromu Inada inscreveu o seu nome no Guiness Book of Records

Recorde-se que o Ironman consiste numa prova de natação de 3,8 quilómetros, um percurso em bicicleta de 180 quilómetros, e pouco mais de 42 quilómetros de corrida.

Hiromu Inada conseguiu completar os três segmentos em 16 horas, 53 minutos e 49 segundos, passando, assim, a fazer parte do Livro dos Recordes do Guiness. Os seus tempos foram os seguintes:

  • 3,8 km de natação: 1h51min26
  • 180 km de bicicleta: 8h02min40
  • Maratona: 6h28min18 (ritmo de 9m15/km)