A estafeta 4×200 metros masculinos alcançou a medalha de bronze no Mundial de Estafeta, que decorreu no Estádio da Silesia, na Polónia.

O quarteto português foi constituído por Frederico Curvelo, Delvis Santos, Diogo Antunes e André Prazeres terminou a prova com o tempo de 1m24s53, ficando atrás apenas da Alemanha (1m22s43) e Quénia (1m24s26).

Este foi o segundo melhor registo nacional de sempre na distância, apenas atrás do tempo de Ricardo Alves, Francis Obikwelu, Vitor Jorge e Carlos Calado em 2003, com 1m24s20.

LEIA TAMBÉM
Austrália: atleta paralímpico que apoiava colega acaba por bater recorde do mundo da Maratona

No final, evidentemente que os atletas nacionais estavam orgulhosos com a medalha de bronze da estafeta 4x200m, como refere o site da federação:

  • André Prazeres: «Bastante feliz com a medalha de bronze! Imagine-se, tenho 21 anos e conquistei uma medalha mundial»
  • Delvis Santos: «Temos de estar sempre com uma mente aberta, não podemos estar a correr para apagar algo. O resultado de ontem não foi o que esperávamos, aconteceu, mas espero que seja a última vez. Mostrámos aqui que estávamos em forma»
  • Diogo Antunes: «A infelicidade dos 4×100 metros não permitiu mostrar claramente a forma em que estávamos. Estávamos qualificados para estar aqui, sabíamos que tínhamos uma boa equipa e felizmente correu tudo bem»
  • Frederico Curvelo: «Foi fantástico para Portugal ter uma medalha. A performance de hoje mostra o valor e o potencial da equipa».

Esta foi a primeira medalha de Portugal no Mundial de Estafetas de sempre, concretamente bronze na estafeta 4x200m.

Foto: FPA