Os portugueses Miguel Arsénio e Rosa Madureira venceram a primeira edição da inovadora Douro Special Stage Exhibition (Douro SSE), a segunda prova da One Hundred organizada nosso país.

Os primeiros vencedores da Douro SSE foram portugueses, concretamente Miguel Arsénio, com 1h26m36, e Rosa Madureira, com 1h38m05, que alcançou o oitavo tempo da classificação geral.

Nos masculinos, tivemos ainda no pódio Vítor Barbosa (1h27m26) e Tiago Pereira (1h30m20), enquanto no feminino tivemos Paula Soares (1h49m58, 13.ª da classificação geral) e Lucinda Sousa (1h49m58, 14.ª).

Numa prova realizada em Cinfães, um seleto grupo de 25 atletas, 15 masculinos e 10 femininos, participaram da Douro SSE, prova dividida com duas etapas: 10 km de subida com 1.000m D+ e uma descida de 10 km e D- 1.000m.

LEIA TAMBÉM
Hugo Gonçalves é o grande vencedor do One Hundred – Douro FKT

Pelo meio, uma oportunidade de 30 minutos no máximo para o abastecimento, de acordo com a estratégia de cada atleta (poderiam fazer as duas etapas sem pararem).

A Douro SSE contou com alguns dos melhores atletas do Trail a nível nacional, mas também alguns atletas internacionais, como Rafał Baithke, Patrycja Bereznowska e a lenda do Trail Running e da sobrevivência, Mauro Prosperi, que ficou perdido vários dias durante a Marathons des Sables.

De referir que, na descida, os mais fortes também foram Miguel Arsénio, com 32m15s60, e Rosa Madureira, com 36m54s16, nona colocada da geral. Nas posições seguintes ficaram, no masculino, Bruno Sousa (33m24s49) e Vítor Barbosa (33m51s18). No feminino tivemos Mariana Machado (40m29s75) e Paula Soares (40m35s87).

Já na subida, enquanto Rosa Madureira também foi a primeira (1h01m10, logo seguida por Lucinda Sousa, com 1h07m20, e Paula Soares, com 1h08m30), o mais forte nos homens foi Tiago Pereira, com 53m30 (à frente de Vítor Barbbosa, com 53m35, e Miguel Arsénio, com 54m20).

Refira-se que a Douro SSE apresentou «os prémios mais altos neste tipo de desporto». Foram distribuídos mais de 2.500€ em prémios.