Numa altura em que, em Espanha, o exercício físico no exterior faz parte das atividades proibidas por lei, há sempre quem, com um pouco mais de imaginação, tente contornar a proibição. Foi o caso de um casal catalão, que decidiu ir correr nas ruas de Barcelona utilizando como desculpa um saco de compras.

Fustigados pelo coronavírus, sendo mesmo hoje em dia um dos países europeus mais afetados pelo problema, os populares em Espanha começam já a tentar subterfúgios como forma de contornar o Estado de Emergência instaurado no país.

O último caso conhecido aconteceu na Catalunha, mais precisamente em Barcelona, relata a publicação catalã El Caso, a qual dá a conhecer o caso de um casal catalão que foi apanhado pela polícia local, os Mossos d’Esquadra, no centro da Cidade Condal a fazer desporto.

Em Espanha, o Estado Emergência proíbe, inclusive, correr sozinho na rua
Em Espanha, o Estado Emergência proíbe, inclusive, correr sozinho na rua

Confrontado com o Estado de Emergência que se encontra em vigor enquanto medida de contenção do coronavírus, o casal ter-se-á desculpado com a necessidade de fazer compras e que ia ao supermercado. Como comprovativo da sua intenção, levavam consigo um saco de plástico da conhecida rede de supermercados Mercadona.

LEIA TAMBÉM
Espanha: corredora multada em 601 euros por correr na rua

Interceptados pela polícia, que não terá acreditado na versão dos dois corredores, o casal incorre agora numa sanção pecuniária que poderá chegar aos 601 euros.

Espanha mais dura com medidas de contenção

De referir ainda que, em Espanha, as medidas de contenção decorrentes do Estado de Emergência são bem mais duras que as instauradas em Portugal, não permitindo sequer atividades físicas de uma só pessoa no exterior.

Algo que, tanto em Portugal como, por exemplo, em França, é possível fazer, ainda que por curtos períodos de tempo e respeitando todos os cuidados necessários para evitar o contágio.

LEIA TAMBÉM