Há quem já lhe chame o Filho do Vento, não apenas devido aos nove anos, mas também pela forma como começa a destacar-se nas pistas. Fã de Usain Bolt, Victor Jaimez-Solorio não tem dúvidas: apesar da tenra idade, o pequeno velocista assume, desde já, ter como objetivo derrubar todos os recordes que existam!

Depois de se mostrar em 2018, com apenas 8 anos, o pequeno Victor Jaimez-Solorio foi a sensação este ano dos Jogos Olímpicos Júnior da AAU, competição que se celebra anualmente nos Estados Unidos da América promovida pela União Atlética Amadora durante quatro dias e que reúne os melhores atletas dos EUA com idades compreendidas entre os 8 e os 18 anos.

LEIA TAMBÉM
Sondre Moen supera recorde europeu da hora e dos 20000m em pista de Dionísio Castro

Oriundo do estado norte-americano da Califórnia, Victor Jaimez-Solorio acabou deixando todos os presentes de boca aberta pelos seus resultados nos 400, 800 e 1.500 metros.

Nos 800 metros, o pequeno Jaimez-Solorio registou um tempo-canhão de 2m21s09. O recorde norte-americano é de Jonathan Simms, com 2m19s43, alcançado em 2016.

Nos 400 metros, segundo lugar, com 1m04s71. O primeiro foi Prince-Terry Kemp, com 1m02s18.

No entanto, foi nos 1.500 metros que o jovem deixou todos pasmados a correr a distância em 4m42s97. O anterior registo norte-americano era de 4m57m47, de Ramses Dukes, alcançado em… 1991.

Distância favorita de Victor Jaimez-Solorio? Os 1.500 metros

Concretizada a participação nos Jogos, Victor confessou que é nos 1.500 metros que mais se diverte. Isto porque, defende, é uma corrida mais longa e também mais divertida, já que pode passar mais tempo em pista.

De resto, importa finalizar dizendo que não deverá ter sido fácil para Victor Jaimez-Solorio começar a ter acesso a uma verdadeira pista de Atletismo. Isto porque o seu pai não tem qualquer ligação a modalidade, já que trabalha numa empresa de gelados.

FOTO: MileSplit Twitter