Carla Salomé Rocha, do Sporting Clube de Portugal, e Rui Pinto, da 4Run, tornaram-se campeões nacionais de Corta-mato Longo este domingo no Parque do Serrado, em Amora, Seixal.

Os Campeonatos Nacionais de Corta-Mato Longo regressaram este ano após cancelados no ano passado. No entanto, a prova esteve «aberta apenas aos melhores atletas nacionais e desenrolando-se em quatro séries masculinas e outras tantas femininas», revela o site da Federação Portuguesa de Atletismo (FPF).

No feminino, vitória inquestionável de Carla Salomé Rocha no Corta-mato Longo, com o tempo de 27m37, que foi mais forte que Sara Moreira (27m56), Sara Catarina Ribeiro (28m00) e Jéssica Augusto (28m07). Todas as atletas do Sporting, que assim ganhou o título coletivo feminino.

A primeira atleta não leonina foi Lia Lemos, do Maia Atlético Clube, quinta, com o tempo de 28m14.

No final, Carla Salomé Rocha, que também venceu o Nacional de Corta-mato Longo em 2016, revelou que o percurso, de 8 km, era «bastante técnico» e «duro», confessando que foi «ouvindo o que o meu treinador dizia e fiz a minha prova».

Rui Pinto sofreu mais do que Salomé Rocha no Nacional de Corta-mato Longo

No masculino, a prova foi mais competitiva. Rui Pinto, da 4Run, terminou com o tempo de 31m14 e foi mais forte que o até então campeão em título, Rui Teixeira, do Sporting, com 31m19.

O terceiro lugar do pódio foi ocupado por João Pereira, do Vitória Futebol Clube, com 31m21.

LEIA TAMBÉM
As regras básicas para não fazer má figura na pista

«Estou muito contente por conquistar o meu terceiro título. Era um objetivo que já tinha há algum tempo, mas com a pandemia consegui preparar-me melhor, não interrompi ciclos de treino e cheguei aqui numa melhor forma (…) Dos títulos que conquistei, este é o mais importante, porque marca a diferença. Neste contexto, ter a possibilidade de competir e ser campeão nacional é uma situação brutal», confessou ao site da FPF.

Em termos coletivos, o Sporting também venceu no masculino, à frente do Sporting Clube de Braga e Maia Atlético Clube.

Foto: Federação Portuguesa de Atletismo