No eterno duelo entre Etiópia e Quénia na Maratona, os etíopes foram mais fortes em 2019, registando o Top 10 do país uma média de 2h03m27.

Em 2019, o atleta mais rápido na Maratona foi o etíope Kenenisa Bekele, quando, a 29 de setembro, correu os 42,195 km de Berlim em 2h01m41, apenas a dois segundos do recorde do mundo de Eliud Kipchoge, que, no ano passado, correu a Maratona de Londres em 2h02m37, a terceira melhor marca de sempre.

No entanto, o queniano alcançou uma proeza que, certamente, Bekele não se importava de ter obtido: foi o primeiro homem a correr a Maratona em menos de 2h00, concretamente 1h59m40, em Viena.

De referir que, no Top 10 dos melhores registos de sempre da Maratona, Kenenisa Bekele assume ainda o sétimo tempo da distância (2h03m03, Berlim 2016), uma posição acima de Kipchoge, que, no oitavo lugar, tem 2h03m05 em Londres 2016, Londres onde regressará mais uma vez este ano.

LEIA TAMBÉM
Kipchoge, Bekele, Kosgei, Muhammad… 2019, o ano de sonho da Corrida
Os ténis de Kipchoge em todas as suas maratonas

Pois bem, se olharmos para o Top 10 dos maratonistas por países, a Etiópia foi o país com a melhor média no masculino, com o tempo de 2h03m27. Se Bekele lidera o ranking de 2019 (da Etiópia e do mundo), o décimo atleta mais rápido dos etíopes foi Guye Idemo Adola, com 2h04m42, em Valência.

É interessante, aliás, verificar onde as marcas são alcançadas. Por exemplo, no Top 10 da Etiópia, três foram obtidas em Berlim (1.ª, 2.ª e 6.ª posição) e no Dubai (5.ª, 7.ª e 9.ª) e duas em Londres (3.ª e 4.ª) e Valência (8.ª e a já referida 10.ª).

 Etiópia foi o país mais forte no ranking da Maratona 2019
Etiópia foi o país mais forte no ranking da Maratona 2019

Já o Quénia, o segundo país com as melhores marcas de 2019 na Maratona, com Kipchoge na liderança com o seu registo em Londres, o Top 10 fecha com o tempo de 2h05m18, de Elisha Rotich, em Amesterdão.

Ao contrário da Etiópia, aqui há uma grande variedade de provas no Top 10:

  • Londres, 1.º lugar
  • Roterdão, 2.º lugar
  • Abu Dhabi, 3.º lugar
  • Milão, 4.º lugar
  • Buenos Aires, 5.º lugar
  • Toronto, 6.º lugar
  • Dubai, 7.º lugar
  • Amesterdão, 8.º e 10.º lugares
  • Toronto, 9.º lugar
Quénia ficou em segundo no ranking da Maratona 2019
Quénia ficou em segundo no ranking da Maratona 2019

Em relação ao Top 10 dos 10 melhores tempos na Maratona por países, de notar a diferença entre o segundo, Quénia, com 2h04m42, e o terceira colocado, Eritreia, com 2h09m01.

Ou seja, enquanto os 10 melhores quenianos apresentam um pace de 2m58, os eritreus correram em 2019 com um pace de 3m04, ou seja, seis segundos a mais por quilómetro. Já a Etiópia registou um pace de 2m56…

O primeiro país não-africano é o Japão, na quinta posição, com o registo de 2h09m18, enquanto o primeiro país europeu é a Espanha, oitava, com 2h11m10.

O ranking da Maratona 2019 ficou assim distribuído:

  1. Etiópia, 2h03m27
  2. Quénia, 2h04m42
  3. Eritreia, 2h09m01
  4. Marrocos, 2h09m03
  5. Japão, 2h09m18
  6. Uganda, 2h09m26
  7. Estados Unidos, 2h10m19
  8. Espanha, 2h11m10
  9. Grã-Bretanha, 2h12m18
  10. China, 2h12m18

LEIA TAMBÉM