Patrícia Mamona

Uma medalha de prata, um recorde nacional e recordes pessoais. O sábado do Europeu de Pista Coberta foi em grande para Portugal, principalmente para Patrícia Mamona, no triplo salto.

 

Patrícia Mamona manteve a tradição e Portugal voltou a subir o pódio de um Europeu de Pista Coberta, algo que acontece desde 1994. A atleta do Sporting alcançou a medalha de prata no triplo salto com 14m32 (menos quatro centímetros que o seu recorde nacional), atrás apenas da alemã Kristin Gierisch, com 14m37. Nota ainda para Susana Costa na mesma modalidade. Com um novo recorde pessoal, de 13m99, alcançou o sétimo lugar da prova.

LEIA TAMBÉM
Portugal com dez atletas no Campeonato da Europa de Pista Coberta

Melhor resultado de sempre também obteve Tsanko Arnaudov no lançamento do peso, com 21m08, no último ensaio. Recorde nacional absoluto e de pista coberta, o atleta alcançou o quarto lugar do campeonato.

Outro nome em destaque foi Ancuiam Lopes, que, nos 60 metros, correu em 6s71 segundos, o seu melhor registo de sempre (10.º lugar).

Nélson Évora salta no domingo para uma medalha?

O excelente campeonato que Portugal está a realizar poderá ter novo capítulo de ouro no domingo com Nélson Évora, um dos grandes favoritos na conquista de medalhas no triplo salto. A competição começa às 15h04.

Quem também estará presente em prova no domingo é Lorène Bazolo, nos 60 metros. Na eliminatória deste sábado, a portuguesa correu a distância em 7s49 e alcançou o apuramento direto. Bazolo, que pode surpreender, disputa a meia-final quatro minutos ante do início da prova de Nélson Évora.