O sul-africano Mbuleli Mathanga correu os 10.000 metros de Durban descalço. Embora não seja algo inédito, não deixa de ser algo raro de vermos nos palcos mundiais.

Mbuleli Mathanga correu descalço e, em Durban, alcançou o seu melhor tempo pessoal, concretamente 28m24s93. O seu melhor registo era de 28m37s30, alcançado em 2019, precisamente em Durban.

Num período em que o Atletismo mundial debate a tecnologia dos ténis, com vários atletas a alcançar os seus melhores tempos com as fibras de carbono, não deixa de ser motivador vermos um atleta a alcançar a sua melhor corrida… descalço.

LEIA TAMBÉM
Mo Farah começa ano olímpico com vitória na Meia-maratona de Djibouti

A prova ficou marcada pela chuva e pelo vento, Mbuleli Mathanga justificou a sua decisão de correr descalço por sentir moléstias sempre que corre com sapatilhas especiais para a pista de tartan. 

No entanto, de salientar que, nos 10.000 metros, Mbuleli Mathanga envolveu os seus pés com uma faixa para minimizar as malezas da pista de tartan. 

Refira-se que, recentemente, Mbuleli Mathanga correu uns 5k com uns Vaporflys, registando o tempo de 13m47. Segundo a imprensa da África do Sul, o sul-africano correu agora descalço como resposta a uma série de críticas que recebeu por ter corrido com uns ténis com fibra de carbono…

Mbuleli Mathanga terminou os 10.000 metros na segunda posição, atrás de Precious Mashele, com 28m20s02, e à frente de Philani Buthelezi 28m48s00.

Foto: Twitter