Kathleen Stewart foi a estrela da primeira jornada do Campeonato Britânico de Masters, alcançando um novo registo mundial no escalão V80 nos 400 metros.

Devido ao coronavírus, o Europeu de Masters da próxima semana foi cancelado. Por isso, os atletas britânicos apostaram tudo no seu Nacional. A estrela da jornada foi Kathleen Stewart, que alcançou um novo registo mundial nos 400 metros no escalão V80 (80-84 anos).

LEIA TAMBÉM
Roland Vuillemenot: aos 72 anos correu 100 km a uma média de 6m39/km

Em Lee Valley, Kathleen Stewart registou no seu escalão nos 400 metros o tempo de 90s37, novo recorde do mundo e consequentemente britânico, que, curiosamente, estava na sua posse, com 92s56. O anterior recorde do mundo era da italiana Emma Mazzenga, com 91s10, alcançado há seis anos.

Além de Kathleen Stewart, quem também brilhou foi o vocalista Peter Giles, que, com o seu irmão Michael e Robert Fripp, fundaram o Giles, Giles and Fripp, na década de 1960. Os dois últimos fundaram mais tarde o famoso grupo de rock progressivo King Crimson, com Greg Lake, Ian McDonald e Peter Sinfield.

No escalão V75, Peter Giles correu e venceu os 1500 metros em 5m36s94, novo recorde britânico, um registo que já tinha 23 anos (5m42s26, de Jimmy Todd).

LEIA TAMBÉM