Francine Niyonsaba é a nova recordista do mundo nos 2.000 metros, um registo alcançado no Boris Hanzekovic Memorial, em Zagreb, esta terça-feira.

Francine Niyonsaba, do Burundi, correu os 2.000 metros em 5m21s56, melhorando assim o tempo da etíope Genzebe Dibaba, que, em 2017, correu a distância em 5m23s75. Na segunda posição ficou a etíope Freweyni Hailu, com 5m25s86, terceiro melhor tempo da história.

Nos 1.000 metros, Niyonsaba registou 2m41s37.

LEIA TAMBÉM
Recordes do mundo nos 5K e 10K femininos na Alemanha

Recorde-se que a atleta do Burundi decidiu tornar-se atleta de fundo após se recusar a se submeter a um tratamento para baixar o seu nível de testosterona. Medalha de prata dos 800 metros nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016, Niyonsaba foi a vencedora dos 5.000 metros da final da Diamond League.