Carlos Nascimento foi o terceiro português a entrar em cena no segundo dia do Atletismo nos Jogos Olímpicos de Tóquio, falhando a qualificação para a meia-final dos 100 metros.

Na terceira elimionatória, Carlos Nascimento correu a distância em 10s37, alcançando a sétima posição da sua eliminatória (45.º da geral), ganha pelo italiano Marcell Lamont Jacobs, com 9s94, novo recorde de Itália.

Recorde-se que a melhor marca de Carlos Nascimento é de 10s13, tempo alcançado em 2018.

No seu currículo, o atleta do Sporting tem três títulos nacionais ao ar livre (100 metros) e cinco em pista coberta (três nos 60 metros e dois nos 200 metros).

De referir ainda para as participações de Liliana Cá, que assegurou a qualificação para a final do lançamento do disco após ter atingido os 62m85 no segundo ensaio, conseguindo o oitavo lugar na qualificação. Também no disco, Irina Rodrigues alcançou a marca de 57m03 na qualificação e falhou a final (25.º lugar da classificação).