Como era de esperar, Lorène Bazolo foi eliminada nos 200 metros dos Campeonatos do Mundo, em Londres. «Correu mal, não era isso que eu esperava», admitiu.

A portuguesa, de 34 anos, foi eliminada na primeira ronda com o tempo de 23s85, a sua pior marca da temporada. A série foi ganha pela norte-americana Kimberlyn Duncan (22s74). Atrás ficaram a suíça Mujinga Kambundji (22s86) e a brasileira Vitoria Cristina Rosa (23s26), que alcançaram a meia-final, na quinta-feira. Bazolo ficou na 39.ª posição da classificação geral (46 no total), sexta da sua eliminatória.

«Correu mal, não era isso que eu esperava. Estava a sentir-me bem fisicamente. A nível de tempo e a nível de ranking, correu mal (…)Já tinha corrido em condições piores e nunca tinha feito esta marca, acho que foi a pior marca da época. O meu objetivo era correr abaixo de 23 segundos porque em todas as provas que fiz estava a sentir-me capaz de correr abaixo de 23. O meu objetivo é correr abaixo de 23, nos 22. Eu sei que sou capaz de fazer isso, só que não deu hoje», admitiu.

 Entretanto, a holandesa Dafne Scheppers foi a mais rápida do dia, com 22s63.