Este ano, o jamaicano espera alcançar a 100.ª corrida a menos de 10 segundos nos 100 metros, se possível com um pódio nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

«O meu principal objetivo em 2021 é alcançar três Sub-10s. E subir no pódio dos Jogos Olímpicos seria também um grande sonho para mim», afirmou Asafa Powell, hoje com 38 anos.

Devido ao furacão Usain Bolt, Asafa Powell acabou por ficar relegado para segundo plano, apesar de ter um curriculum invejável, inclusive com recorde do mundo no hectómetro, onde o seu melhor tempo é 9s72 (2008). Para termos uma comparação, o raio Bolt tem 52 corridas nos 100 metros abaixo de 10 segundos.

LEIA TAMBÉM
As cinco corridas mais rápidas da História nos 100 metros

Como curiosidade, refira-se que Asafa Powell detém um recorde mundial, concretamente 9s09 nas 100 jardas, tempo alcançado em 2010.

Além de buscar três Sub-10 este ano nos 100 metros, Asafa Powell sonha também com a sua primeira medalha olímpica individual, já que ganhou a medalha de ouro nos 4×100 metros no Rio de Janeiro, em 2016. Caso alcance o seu objetivo, provavelmente este será o fim da sua carreira.

«Sou agora um homem de família, não posso correr e treinar para sempre… Se conseguir os três Sub-10s e uma medalha nos Jogos Olímpicos, vou sentir-me muito mais satisfeito.»

De referir que a última vez que Asafa Powell correu os 100 metros em menos de 10 segundos foi em 2016, quando, na Hungria, correu a distância em 9s92.