Considerado um dos dez maiores ultra-runners da atualidade, o britânico Tom Evans fez a sua estreia nas 100 milhas (160 km) na emblemática Western States 100. Agora está disponível o documentário da sua corrida.

A estreia aconteceu em junho de 2019 e agora é possível ver o documentário da sua corrida, intitulado Zero to 100.

Neste documentário, feito por uma equipa de filmagem que acompanhou Tom Evans durante toda a viagem que este fez até à Califórnia, nos EUA, para participar na Western States 100, é possível assistir ao excelente desempenho do antigo capitão do Exército britânico naquela que é uma das mais difíceis ultra-maratonas de 100 milhas do mundo.

LEIA TAMBÉM
Rui Sequeira revela como foram os seus 300 km no ALUT

Realidade que, ainda assim, não impediu Evans de terminar num excelente terceiro lugar, ao mesmo tempo que conseguia o melhor tempo já obtido por um não-norte-americano, naquelas que são as 100 milhas por excelência.

Recorde-se que a participação de Tom Evans na Western States 100 aconteceu pouco tempo depois do agora ex-capitão ter abandonado o Exército britânico, encarando a participação na prova como uma espécie de tudo ou nada, algo que teria de saldar-se num êxito incrível… ou então num fracasso épico. Terminou, como o próprio resultado o demonstra, na primeira forma…

Tom Evans começou a destacar-se nas ultra-distâncias em 2017, quando conseguiu terminar os 251 quilómetros da Marathon des Sables no terceiro lugar. Prova em que decidiu participar, diga-se, devido a uma aposta feita com um amigo e em que acabou tornando-se no europeu a conseguir o melhor resultado de sempre nesta prova marroquina…

Antes disso, o britânico havia corrido, e vencido, a Beacons Ultra de 2016.

Já em 2018, Tom venceu os 101 km do Ultra-Trail du Mont Blanc, ao mesmo tempo que conquistava o primeiro lugar e recorde da prova no Coastal Challenge Costa Rica e no South Downs Way 50.

LEIA TAMBÉM