Recentemente recordista da Europa dos 10.000 metros, a holandesa Sifan Hassan revelou que não vai disputar o Mundial de Meia-maratona, no sábado, em Gdynia, na Polónia.

«Foi uma temporada curta, mas dura, depois de uma preparação incerta. Estou satisfeita por estar onde estou neste momento, mas siento que agora o melhor é descansar e depois retomar os treinos para os Jogos Olímpicos de Tóquio», afirmou Sifan Hassan, um duro golpe para as aspirações europeias, que ansiava vencer a prova, mesmo com a presença das africanas.

LEIA TAMBÉM
Luís Saraiva: «Garra é a palavra que define a seleção de Portugal»

Estas aspirações de um triunfo no Mundial de Meia-maratona aumentaram após Sifan Hassan ter registado, em Hengelo, debaixo de uma forte chuva, o recorde da Europa nos 10.000 metros, com um tempo de 29m36s67.

Recorde-se que o Mundial de Meia-maratona de Gdynia foi adiado de fevereiro para outubro.