Portugal contará com cerca de 400 portugueses na Maratona de Valência. No total, cerca de 25 mil corredores pretendem terminar os 42,195 km no domingo.

Devido ao invejável crescimento na última década, os organizadores da Maratona de Valência decidiram abdicar da prova dos 10 km, que, este ano, terá a sua última edição englobada no evento.

Não é para menos, já que a Maratona de Valência atrai cada vez mais corredores, como comprovam os números deste ano, concretamente 25 mil atletas (serão 7 mil atletas na prova de 10 km).

LEIA TAMBÉM
Valência sonha com o recorde do mundo dos 10 km (e dos 5 km…)

Em 2020, a 6 de dezembro, os organizadores já revelaram que contam ter na linha de partida cerca de 30 mil atletas, números realente impressionantes para os 42,195 km…

Itália é o país mais presente na Maratona de Valência

Dos 25 mil atletas deste ano, e segundo a organização da prova, cerca de 10 mil são estrangeiros, ou seja, 39% dos inscritos (em relação a espanhóis, teremos 27% oriundos da Comunidade Valenciana).

Há quatro anos, a prova contava com cerca de 4200 atletas estrangeiros (25,5%). Portanto, um aumento de 14% de estrangeiros desde 2015.

LEIA TAMBÉM
Pela 1.ª vez corredora de 60 anos ou mais correu uma Maratona Sub-3h00

Este ano, o país mais representado na Maratona de Valência é a Itália, com 2332 atletas, um pouco mais do a França, com 2181 corredores.

Portugal ocupa o sétimo lugar do Top 10, com 389 portugueses na Maratona de Valência, num evento (Maratona e 10 km) que contará, no total, com 101 nacionalidades, entre os quais corredores das ilhas Reunião, Suazilândia e Nepal, por exemplo.