Como escolher um ténis na corrida

Belino Coelho, diretor técnico da Elite Assessoria Esportiva, do Brasil, responsável pelo treino e orientação de mais de 150 atletas, continua a sua conversa com Rodrigo Roehnis. O especialista e consultor de ténis de corrida aborda nesta segunda parte a importância de usar a sapatilha correta, a durabilidade da mesma e se com um único modelo podemos correr provas dos 5 km à Maratona.

 

Partilhe pelos amigos e faça um LIKE na nossa página. Obrigado! 

 

Mas qual a importância de se usar o tênis correto?
É importante principalmente para prevenir lesões e desconfortos. Vale lembrar de que nem sempre o tênis mais caro é o melhor e, em alguns casos, o atleta até está a utilizar o tênis correto, mas sente algum desconforto causado pelo mesmo. Isso demonstra que o tênis de corrida é um acessório muito particular e as sensações podem mudar de corredor para corredor muito devido ao desenho dos pés, que são diferentes. É importante dizer também que o ideal é utilizar o tênis com um dedo de folga na frente para que o pé preencha os espaços dentro do tênis durante a corrida se por acaso eles incharem, como ocorre com a grande maioria dos corredores.

Para cada distância existe um tênis específico ou um único modelo serve para correr desde os 5 km até a Maratona?
Existem modelos de competição que “funcionam melhor” para distâncias mais curtas, como os 5 km e os 10 km, apesar de ser possível correr distâncias maiores, como a Meia-maratona e a Maratona, com esses mesmos modelos. Porém, a utilização vai depender do conhecimento e da experiência do atleta, tanto em treinos quanto em provas longas. Os tênis com amortecimento para treinos diários atendem todas as distâncias e aos diferentes tipos de treinamentos.

Aproximadamente, quanto tempo dura um bom tênis e quais os cuidados que o corredor deve ter para que essa durabilidade não seja comprometida?
A durabilidade de um tênis é algo muito relativo que pode variar de atleta para atleta devido à uma série de fatores, como a mecânica de corrida, o tipo de piso onde corre, o peso e se tem dois ou mais pares para alternar em seus treinos, prolongando a vida útil do mesmo. Os modelos estruturados podem variar entre 800 km e 900 km e os de performance entre 500 km e 600 km. Mas, como falei, depende de uma série de fatores.

Quais as suas considerações finais para que o corredor comece a valorizar a importância do tênis?
O mais importante é não comprar um tênis considerando o valor mais caro, achando que é o melhor. Também não se deve priorizar a beleza como fator principal na hora da compra. O tênis ideal vai de encontro ao objetivo e estrutura corporal de cada corredor, que, agregado a outros fatores importantes como o treinamento correto, a alimentação e o descanso, pode dar uma pequena contribuição na melhora do rendimento na corrida, além de ajudar a minimizar os riscos de lesões.

Ficou com alguma dúvida ou tem alguma sugestão de tema que gostaria que fosse abordado? Escreva para o endereço belino.coelho@eliteesportiva.com.br ou telefone para o número +55 11 5518-3409.

Contato de Rodrigo Roehnis: roehniss.sportsmkt@gmail.com

  • Este texto é escrito em português do Brasil

LEIA TAMBÉM:

Saiba quais são as características que todo o bom ténis deve ter