pasarin

O espanhol Óscar Pasarin superou um recorde que já tinha cerca de uma década (estava na posse de Alfredo Uría, na época com 68 anos…) e estabeleceu uma nova marca para o percurso mais tradicional do Caminho de Santiago.

 

Partilhe pelos amigos e faça um LIKE na nossa página. Obrigado! 

 

De Saint Jean Pied de Port, em França, a Santiago de Compostela. Entre os dois pontos, cerca de 800 km de retas infindáveis, paisagens marcantes, sobe e desce intermináveis, memórias que nunca serão esquecidas. Em 2007, Alfredo Uría, com 68 anos, percorreu a distância mais conhecida do Caminho de Santiago (há várias rotas disponíveis, inclusive uma que passa por Portugal) em 6 dias e 16 horas.

Foi preciso esperar cerca de 10 anos para o registo ser novamente superado, com Óscar Pasarin a correr a distância em 6 dias, 14 horas e 49 minutos. De referir que o corredor levou consigo um GPS para dar veracidade ao seu feito (em breve Pasarin colocará os tracks á disposição de todos), já que, no passado, alguns corredores garantiram ter superado o registo de Uría, mas jamais conseguiram provar o mesmo.

Este desafio de Óscar Pasarin teve como objetivo obter fundos para ajudar os refugiados. Por cada quilómetro percorrido, quatro euros. Ou seja, o intuito é alcançar a cifra de 3.200 euros. O dinheiro será entregue no Centro de Acolhimento da Comisión Española de Ayuda al Refugiado (CEAR), em Getafe (Madrid).

Se desejar ajudar nesta campanha, CLIQUE AQUI.

pasarin1